Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

CORINTHIANS É BICAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA

16 de dezembro de 2012 é mais uma data importante a ser eternizada pela fiel torcida alvinegra. Foi nesse dia que o Timão conquistou seu segundo título de Campeão Mundial de Clubes da FIFA, ao bater na final o time inglês do Chelsea por 1 x 0. O título da Campeão da Libertadores das Américas de 2012,  garimbou  o passaporte corinthiano para disputar o Torneio Mundial organizado pela FIFA . Além do Timão, Campeão das Américas, participaram também o Chelsea (Campeão da UEFA), os mexicanos do Monterrey (Campeão da CONCACAF), os egípcios do Al Ahly (Campeão Africano), os coreanos do Ulsan Hyundai (Campeão Asiático), os neo-zelandeses do Auckland City (Campeão da Oceania), além do time japonês do Sanfrecce Hiroshima (Campeão Japonês). Corinthians e Chelsea entraram direto nas semifinais da competição. O Timão garantiu sua vaga na grande final ao vencer pelo apertado placar de 1 x 0 os egipcios do Al ahly, com um gol do atacante peruano Paolo Guerrero aos 30 minutos do 1º tempo de jogo.
(G…

Infográfico do Corinthians - Rumo ao Mundial - Portal POP

CORINTHIANS RECEBE TROFÉU FAIR PLAY

O Timão recebeu nessa terça-feira 13 de novembro de 2012 o Troféu Fair Play Samsung por ter sido a equipe mais disciplinada na última edição da Copa Libertadores. Campeão invicto do Torneio, o Corinthians recebeu 27 cartões amarelos e 3 vermelhos durante toda a difícil competição. Os jogadores Alessandro e Ralf ficaram  incumbidos em receber o Troféu, e o cheque de U$50.000 , que segundo a direção do Clube, será usado para a modernização dos equipamentos do CT Joaquim Grava. Essa conquista demonstra que não é preciso ser desleal nem violento dentro de campo para alcançar objetivos concretos.
(Alessandro recebendo a Taça)

A HISTÓRIA DO CLÁSSICO - CORINTHIANS X CHELSEA

Poucos sabem, mas os times do Corinthians e Chelsea já se enfrentaram . O encontro aconteceu há mais de 80 anos, mais precisamente em 4 de julho de 1929 no estádio do Parque Antártica na capital paulista. Os ingleses escolheram a América do Sul para fazerem sua pré-temporada, já que disputariam pela 5ª vez o Campeonato Inglês da 2ª divisão. Após disputarem alguma partidas contra times argentinos e uruguaios, os ingleses começaram sua excursão em terras brasileiras.  Após enfrentarem 2 vezes a Seleção Carioca, os ingleses aportam em São Paulo. O adversário escolhido foi o Corinthians, atual Campeão Paulista invicto. A partida começou com os ingleses a todo vapor, abrindo uma vantagem no placar de 3 x 0. A reação corinthiana não demorou a acontecer, e o 1º tempo da partida terminou empatado em 3 x 3. No 2º tempo, o Timão virou a partida para 4 x 3 , mas os ingleses empataram no final. A antológica partida terminou em 4 x 4. Marcaram para os ingleses: Jackson, Wilson e Eliot (2). Para o…

ALFREDO BORBA

Compositor , cronista esportivo, e autor de diversas Marchas carnavalescas e músicas relacionadas ao futebol, o corinthiano Alfredo Borba entrou definitivamente para a história do clube alvinegro de Parque São Jorge  ao compor a marchinha de carnaval "Gol de Baltazar", e a música "Corinthians Campeão do IV Centenário", imortalizadas respectivamente nas vozes de Elza Laranjeira e Orlando Ribeiro. A primeira enaltecia os gols marcados pelo centroavante e artilheiro corinthiano dos anos 40/50, que ficou conhecido nacionalmente como "Cabecinha de Ouro". A segunda música foi uma homenagem ao título do Campeonato Paulista de 1954, ano em que a cidade de São Paulo completava 400 anos de sua fundação.
Corinthians Campeão do IV Centenário
Corinthians, Corinthians... Falou bem alto a tradição Corinthians, Corinthians... Por 100 anos serás o campeão... Corinthians! Sempre leal adversário... Ostenta com orgulho a faixa de campeão do IV Centenário
Nasceste sob a luz de um lam…

CRAQUES DO PASSADO- PAULO CÉSAR FEITOSA

Revelação do time de juniores do Timão no início dos anos 80, o zagueiro Paulo foi alçado ao time principal no final de 1983, ano da Democracia Corinthiana. Sua estréia aconteceu em  19 de novembro de1983 contra o time do São Bento de Sorocaba em partida válida pelo Paulistão daquele ano.  Apesar de ter jogado  apenas uma vez durante todo o campeonato, Paulo fez parte do elenco Campeão Paulista de 83. Entre os anos de 1983 e 1985 Paulo teve a difícil tarefa de disputar uma vaga no time titular com jogadores já consagrados, como Juninho Fonseca, Mauro e Hugo De Léon. Em 1986 teve mais oportunidades de começar jogando no time titular, mas as duas derrotas para o arquirrival Palmeiras por 5 x 1 e 3 x 0  no Campeonato Paulista fizeram com que a diretoria alvinegra corresse  atrás de um zagueiro mais experiente para reforçar a zaga que iria disputar o Brasileirão daquele ano. Com a chegada do veterano Luís Pereira, Paulo acabou não sendo aproveitado pela comissão técnica. Após 75 jogos e …

CRAQUES DO PASSADO - LEANDRO CASTÁN

Paulista da cidade de Jaú, Leandro Castán da Silva chegou ao Corinthians em 2010 vindo do Grêmio Barueri. Em sua breve passagem pelo Timão, ajudou a conquistar o Brasileirão de 2011, e a tão almejada Libertadores de 2012. Em julho de 2012, após 110 partidas com o manto alvinegro, é negociado com o time italiano da Roma.


LUTADOR JUNIOR CIGANO É DO CORINTHIANS

Mais um campeão do UFC chega para vestir a camisa do Corinthians. Depois do Campeão dos Médios Anderson Silva, agora é a vez do Campeão dos Pesados Junior Cigano fazer parte do time de lutadores do Timão. O contrato foi assinado ontem, 14 de agosto de 2012. Corinthiano de coração, Cigano já se diz "Mais um" (no bando de loucos). Sua estréia como lutador corinthiano deverá ocorrer ainda nesse ano, possivelmente no mês de dezembro contra um adversário a ser definido.

CRAQUES DO PASSADO - GILBERTO RIBEIRO GONÇALVES - GIL

Gil começou sua carreira nas categorias de base do Corinthians. Em 1999 foi um dos destaques da equipe que disputou e conquistou a Copa São Paulo de Juniores. Sua estréia entre os profissionais aconteceu já no ano seguinte, mais precisamente  em 23 de janeiro de 2000 contra o Fluminense (RJ) em jogo válido pelo Torneio Rio-São Paulo. Marcou seu primeiro gol em 23 de abril contra o Araçatuba na vitória por 3 x 0. Ao lado do Lateral-esquerdo Kléber, e do meia Ricardinho, formou uma ala esquerda vitoriosa, conquistando o Paulistão de 2001 , a Copa do Brasil  de 2002,   e o Torneio Rio-São Paulo também de 2002 . Gil tem também em seu currículo os títulos do Paulistão de 2003 e o Brasileirão de 2005. Em 2002 recebeu o Prêmio Bola de Prata. Em 2003, Gil acabou entrando definitivamente para os anais do clube ao marcar o gol de número 1.000 da história corinthiana em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro.  O feito aconteceu em 18 de maio, no Mineirão, no empate em 1 x 1 contra o Cruzeiro …

CRAQUES DO PASSADO - ALFINETE

Carlos Alberto Dario de Oliveira, o Alfinete, chegou no Corinthians em 1982 vindo do XV de Jaú, time onde começou sua carreira profissional em 1978. Chegou no clube com a difícil tarefa de substituir o veterano ídolo Zé Maria, na lateral-direita. Sua estréia foi no dia 28 de abril de 1982 contra a Portuguesa de Desportos em jogo válido pela Taça dos Campeões, Torneio que reuniu os 16 maiores clubes do Brasil. Logo em seu primeiro ano já conquista o Paulistão. Em 1983 fatura o Bicampeonato Paulista no famoso time da "Democracia Corinthiana".
(Com Hélio Maffia e Daniel González em 1983)
No final de dezembro de 1983 após 107 jogos e 3 gols assinalados, é negociado com a Ponte Preta de Campinas numa transação que envolvia a vinda do goleiro Carlos e do Lateral-direito Édson Boaro para o Timão, e a sua ida juntamente com o atacante Paulo Egídio para o time campineiro. Na Macaca jogou até 1985, quando teve seu passe negociado com o time catarinense do Joinville. Em 1987 transferi…

CRAQUES DO PASSADO - ANDRÉ LUÍS DOS SANTOS

O paulistano André Santos começou nas categorias de base do Corinthians. Em 1995 participou da conquista da Copa São Paulo de Juniores . No mesmo ano fez sua estréia no time principal, mais precisamente em 18 de fevereiro contra o Guarani em Campinas. Participou ativamente nas conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil de 1995, ora atuando como zagueiro, ora como lateral. Em 1997, com a chegada do Banco Excel  no Timão que investiu com vários jogadores de peso, acabou perdendo espaço na equipe, sendo emprestado no segundo semestre para o Grêmio (RS). Mesmo assim somou ao seu currículo a conquista de seu segundo Paulistão, o de 1997. Em 1998 atuou pela Ponte Preta de Campinas. Em 1999 retornou ao Corinthians, onde conquistou seu 3º Paulistão, e o Brasileirão no mesmo ano. Fez sua 135ª e última partida com o manto alvinegro em 9 de outubro de 1999 na vitória por 1 x 0 contra o Paraná (PR) em jogo válido pelo Brasileirão daquele ano. Em 2000 foi contratado em definitivo pela Ponte pret…

CRAQUES DO PASSADO - ÂNGELO BONFIETTI "ANGELIM"

Lenda viva do basquetebol brasileiro, o paulistano Ângelo Bonfietti começou sua carreira na Associação Atlética de São Paulo. Baixo para os padrões atuais, media 1,78 m, Angelim destacou-se logo cedo pela agilidade e intimidade com a bola. Em 1946 transferiu-se para o Corinthians. No ano seguinte já era capitão da equipe, e conquista seu primeiro Campeonato Paulista. Dono de um arremesso certeiro, foi por 5 vezes cestinha do Paulista de Basquete.

No Timão foram quase 10 anos de dedicação, e inúmeras conquistas, dentre elas, o hepta campeonato Paulista, e a Taça Brasil de 1955. Entre 1949 e 1956, foi rotineiramente convocado para defender a Seleção brasileira, onde marcou 400 pontos em 48 partidas. Sempre atuando como Capitão da equipe, Angelim disputou 3 Sul-Americanos e 4 Mundiais, além de 2 Olimpíadas (1952 e 1956). Uma de suas maiores emoções como jogador da Seleção, aconteceu em 1956 durante a disputa dos Jogos Olímpicos de Melbourne. Segundo relato de Angelim, 

"Estávamos jogando …

CORINTHIANS CAMPEÃO DA LIBERTADORES 2012

Passaram-se 35 anos  desde sua estréia no Torneio Continental em 1977. Apesar de inúmeros títulos conquistados nessas 3 décadas e meia, incluindo-se ai 1 Mundial, 5 Brasileiros, 3 Copas do Brasil, e diversos Paulistões, os adversários descamisados, e popularmente conhecidos como ANTICORINTHIANOS, se valiam do fato de o time nunca ter conquistado uma Taça Libertadores para poderem nos chacotear.

Ontem 4 de julho de 2012, finalmente completamos nosso álbum de títulos, e definitivamente acabamos com o suprimento de combustível que supria a língua ferina e invejosa de nossos adversários. Diante de quase 40 mil  enlouquecidos e fiéis torcedores , que lotaram o Estádio do Pacaembu, o Timão venceu de forma inconteste, o temido e copeiro time argentino do Boca Juniors por 2 x 0, conquistando o último título importante que faltava em sua extensa galeria de troféus.
(O Capitão Alessandro erguendo o Troféu)
Diga-se de passagem, uma conquista de forma INVICTA, façanha que não ocorria desde 1970 …

GRANDES ÍDOLOS - WALTER CASAGRANDE JUNIOR

O paulistano Casagrande começou sua carreira nas categorias de base do Corinthians com o Técnico Cabeção onde logo se destacou como goleador. Em 1980 já treinava entre os profissionais, mas seu estilo rebelde bateu de frente com o Técnico Brandão, que o dispensou para ser emprestado para outro clube . Em 1981 defendeu as cores da Caldense (MG). Apesar de desenvolver seu bom futebol no clube mineiro, Casagrande logo foi aprontando, o que ocasionou a rescisão do seu contrato.

(Na Caldense) De volta ao Corinthians, finalmente fez sua estréia entre os profissionais foi no dia 3 de fevereiro de 1982 contra o Guará (DF) em jogo válido pela Taça de Prata. Logo de cara, Casagrande foi  marcando 4 gols, mostrando-se um atacante com faro de gol. Nesse mesmo ano conquista seu primeiro Paulistão, além de terminar na frente da artilharia do campeonato com 28 gols. Em 1º de agosto contra o Palmeiras, Casagrande caiu de vez nas graças da Fiel ao marcar 3 dos 5 gols na goleada contra o arquirrival. …

CORINTHIANS O ÚLTIMO SUPERCAMPEÃO BRASILEIRO

A Super Copa do Brasil foi criado em 1990 pela CBF cujo vencedor seria coroado o Supercampeão Brasileiro . Para conseguir esse título, os campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil teriam que se enfrentar. Na primeira edição, em 1990, o Grêmio (RS), Campeão da Copa do Brasil de 1989, enfrentou o Vasco da Gama, Campeão Brasileiro de 1989. Após vencer a primeira partida por 2 x 0 e empatar a segunda em 0 x 0, a equipe gaúcha se sagra a primeira campeã do Torneio. Em 1991 reuniram-se as duas equipes de maior torcida do País para em partida única decidirem quem ficaria com o Troféu. O Timão, Campeão Brasileiro de 1990 contra o Flamengo, Campeão da Copa do Brasil também de 1990.  A partida realizada em 27 de janeiro aconteceu no Estádio do Morumbi diante um público ridículo de 2706 pagantes. Com um gol de Neto aos 25 minutos do 2º tempo, o Corinthians conquistou a Supercopa do Brasil. Como a competição não teve continuação nos anos seguintes, embora os campeonatos que a formam …

A HISTÓRIA DO CLÁSSICO - CORINTHIANS X BOCA JUNIORS

Corinthians e Boca Juniors duas das principais equipes do Brasil e Argentina respectivamente, apesar de centenários, poucas vezes se encontraram nos gramados afora. Até o momento foram disputadas 16 partidas, com 5 vitórias corinthianas, 6 vitórias dos argentinos e 5 empates. O Corinthians marcou 23 gols e sofreu 31.

A história deste clássico internacional iniciou-se no século passado, mais precisamente em 10 de fevereiro de 1935. A equipe argentina em visita ao Brasil, fez uma série de jogos amistosos contra equipes do Rio de Janeiro e São Paulo. Após vencer o Botafogo (RJ) por 4 x 0, o São Cristovão (RJ) por 6 x 1, e empatar com Vasco da Gama e Palestra Itália, os hermanos argentinos pararam diante do Timão. Com gols de Mamede e Wilson, a equipe alvinegra venceu a partida por 2 x 0, placar da 1ª partida envolvendo as duas agremiações. Doze anos se passaram desde o primeiro embate, quando Corinthians e Boca juniors se defrontaram novamente no dia 8 de janeiro de 1947. Dessa vez os …

O CORINTHIANS NA COPA LIBERTADORES DAS AMÉRICAS

A Copa Libertadores das Américas, ou Copa Santander Libertadores como é atualmente chamada, trata-se de uma competição futebolística continental (América do Sul) organizada pela CONMEBOL.  A primeira edição do Torneio aconteceu em 1960, onde apenas os campeões nacionais de cada nação participavam. Na ocasião o  Brasil foi representado pelo Esporte Clube Bahia, campeão da Taça Brasil de 1959. A partir da década de 70 os vice-campeões também começaram a participar. Atualmente a competição abriga 38 times, incluindo representantes do futebol mexicano, que a convite começaram a disputar o Torneio a partir de 1998.
A primeira participação do Timão na Libertadores ocorreu em 1977, graças ao vice-campeonato brasileiro de 1976. O Corinthians acabou ficando em 3º lugar em seu grupo (2V, 1E, 3D) e não avançou para a segunda fase da competição que teve o Boca Juniors da Argentina como campeão. Campeão Brasileiro de 1990, o Corinthians garantiu a vaga na Libertadores de 1991. Nessa segunda parti…