Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

TIMÃO É OCTOCAMPEÃO NACIONAL DE FUTEBOL?

-->
-->
O Campeonato Brasileiro foi criado em 1971, em substituição ao Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o “Robertão”, que foi disputado nacionalmete entre os anos de 1967 a 1970 (em 1968 passou a chamar-se Taça de Prata), já que originalmente era um torneio interestadual (Torneio Rio-São Paulo). Entre os anos de 1959 a 1968, havia um outro torneio de nível nacional, a Taça Brasil, cuja participação era restrita aos campeões estaduais , ou seja, uma fórmula mais próxima da atual Copa do Brasil do que propriamente do Brasileirão. Na atual fórmula de disputa, o São Paulo é o maior vencedor com 6 títulos, seguido de perto por Corinthians e Flamengo com 5 títulos cada e Palmeiras e Vasco da Gama com 4 títulos cada. Completam a lista Internacional com 3 títulos, Fluminense, Grêmio e Santos com 2 cada, Atlético-MG, Atlético-PR, Sport do Recife, Bahia, Botafogo, Coritiba e Guarani-SP com 1 título cada. Recentemente a CBF, depois do chororô de alguns clubes que não ganhavam nada a te…

PRÊMIOS CRAQUE DO BRASILEIRÃO 2011 E BOLA DE PRATA DA PLACAR

Foi realizada ontem, dia 5 de dezembro, no Auditório Ibirapuera em São Paulo, a cerimônia do Prêmio Craque do Brasileirão 2011, além é claro da entrega do troféu pela conquista do Campeonato Brasileiro de 2011 ao Corinthians . O Prêmio foi entregue pelo ex-jogador Ronaldo “Fenômeno” Nazário ao Presidente corinthiano Andres Sanchez que o passou para as mãos dos capitães Alessandro e Chicão que o ergueram para delírio dos corinthianos presentes na platéia.
O Timão teve ainda dois jogadores premiados na noite. Ralf e Paulinho receberam o troféu como os melhores volantes pela direita e esquerda respectivamente.

Em sua 42ª edição consecutiva, a revista Placar premiou com a Bola de Prata os melhores do campeonato, os jogadores corinthianos Paulo André e Paulinho foram agraciados com o troféu como os melhores em suas posições.


CORINTHIANS PENTACAMPEÃO BRASILEIRO 2011

A PARTIDA FINAL
O Corinthians chegou a última rodada do campeonato precisando apenas de um empate contra o seu arqui-rival Palmeiras, enquanto o Vasco da Gama que enfrentava o Flamengo no Engenhão precisava vencer o rubro negro e ainda torcer por um tropeço corinthiano para colocar a mão na taça. Antes do início do jogo houve uma homenagem dos jogadores e torcedores ao ex-jogador e ídolo corinthiano Sócrates, que havia falecido horas antes num hospital paulistano.  Todos ergueram o braço para cima, imitando o gesto que o craque fazia após marcar um gol.

A partida começou nervosa, com domínio palmeirense, embora tenha levado pouco perigo ao gol de Júlio César. Enquanto isso, no Engenhão, o Vasco da Gama ganhava por 1x0 do Flamengo com um gol do ex-palmeirense Diego Souza. No segundo tempo, o irritante atacante palmeirense Valdivia foi expulso após entrada violenta em Jorge Henrique. Mesmo com um a mais, o Timão continuava a sofrer com as cobranças de faltas de Marcos Assunção. Wallace exp…

O ADEUS AO DOUTOR SÓCRATES

A nação corinthiana está de luto. Faleceu nesse domingo 4/12/2011, aos 57 anos de idade,  vitima de choque séptico um dos maiores ídolos corinthianos de todos os tempos - Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira - ou simplesmente  "Doutor Sócrates", ou "Magrão". Genial dentro e fora do campo, Sócrates começou a se destacar nacionalmente a partir de sua transferência  do Botafogo de Ribeirão Preto para o Timão no final dos anos 70. Longe do biotipo ideal para um atleta profissional (alto, magro, fumante e boêmio), destacou-se pelo seu toque refinado e ótimo posicionamento tático dentro do campo, além é claro do famoso toque de calcanhar, jogada que virou sua marca registrada.  Líder dentro e fora dos gramados, foi um dos idealizadores da famosa "democracia corinthiana" movimento que revolucionou os bastidores do futebol brasileiro, e que levou o clube ao bicampeonato paulista de 1982/83. Em 2011 já havia sido hospitalizado duas vezes em virtu…

CALÇADA DA FAMA - RINCÓN E GAMARRA

Foram homenageados no dia 19 de novembro de 2011, dois dos maiores ídolos corinthianos de origem estrangeira na calçada da fama do Timão. O ex-volante colombiano Freddy Rincón, e o ex-zagueiro paraguaio Carlos Gamarra deixaram a marca de seus pés no Memorial do clube imortalizando definitivamente seus nomes na história do Corinthians.


CALÇADA DA FAMA - OSCAR SCHIMDT O MÃO SANTA

Recordista mundial com 49.703 pontos assinalados, o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt deixou a marca de suas mãos  no concreto da calçada da fama do Timão no dia 8 de outubro de 2011. Oscar defendeu as cores do basquete corinthiano na década de 90, quando conquistou o título brasileiro de 1996, e o vice-campeonato da Liga Sulamericana de1996/97. O "Mão santa" como ficou conhecido o cestinha,  juntou-se ao seleto grupo de ídolos corinthianos que já deixaram suas marcas no Memorial.


CALÇADA DA FAMA - PALHINHA, GERALDÃO E BIRO-BIRO

Mais 3 jogadores do passado deixaram sua marca na calçada da fama corinthiana. Palhinha, Geraldão e Biro-Biro foram os nomes da vez. Palhinha e Geraldão fizeram parte do elenco que acabou com o tabu de 23 anos em 1977. Biro-Biro que chegou em 1978 foi um dos atletas que mais incorporou a raça corinthiana.  Emocionados com a homenagem prestada , os jogadores passam a integrar o seleto grupo de ex-jogadores que fizeram sua história no Timão, e que agora estarão eternizados no Memorial do clube
Marca dos peś dos craques (foto: Divulgação)

CRAQUES DO PASSADO - CASEMIRO GONZÁLEZ

Casemiro González foi o primeiro capitão corinthiano na fase pós-várzea. Atuava como zagueiro e também como técnico, já que era ele quem escalava o time que entraria em campo.Sua estréia deu-se no dia 23 de março de 1913 contra o time do Minas Gerais em jogo eliminatório que dava uma vaga para o Campeonato Paulista cujo passaporte o Timão ainda não possuia. Começou sua carreira futebolística no Botafogo do Bom Retiro, time varzeano da capital paulista.  No Corinthians, único clube que defendeu após passagem pelo Botafogo, conquistou os campeonatos Paulista de 1914 e 1916. Ao todo foram 76 jogos com o manto alvinegro. Casemiro encerrou sua carreira em 1919 aos 28 anos de idade. Faleceu em 1958.

CRAQUES DO PASSADO - CÉLIO SILVA

Carioca de Miracema, o zagueirão Célio do Nascimento Silva começou sua carreira futebolística no Americano -RJ. Chegou ao Timão em 1994 vindo do time francês do Caen. Antes já havia defendido as cores do Atlético Mineiro, Goiás, Flamengo, Vasco da Gama e Internacional de Porto Alegre. Sua estréia com a camisa corinthiana foi em 18 de setembro de 1994 na derrota para o Sport do Recife por 2 x 0 em jogo válido pelo Brasileirão daquele ano. Seu primeiro dos 17 gols assinalados com a camisa do Timão aconteceu em 15 de outubro de 1994 na vitória por 2 x 1 contra o Vasco da Gama no Pacaembu. Zagueiro de chute fortíssimo e vigoroso na marcação, Célio conquistou o Paulistão e a Copa do Brasil de 1995. Em 1997, ano em que conquistaria mais um Paulistão,  foi convocado para defender a Seleção Brasileira que conquistou o título da Copa América da Bolívia. Em 1998, após 154 jogos com o manto alvinegro de Parque São Jorge, Célio vai para o Goiás. Em 2003 encerra sua carreira no Americano-RJ clube…

CRAQUES DO PASSADO - ADILSON BATISTA

O paranaense Adilson Dias Batista começou sua carreira no Atlético Paranaense. Xerife nas zagas dos times que defendeu ( Atlético-PR, Cruzeiro-MG, Internacional-RS, Atlético-MG, Grêmio-RS, Jubilo Iwata-Japão) Adilson sempre se manteve jogando em alto nível, apesar das graves lesões que sofreu durante sua carreira. Sua estréia no Timão foi em 10 de janeiro de 2000 durante o 1º Mundial Interclubes FIFA quando entrou durante a partida contra o Al-Nasser em substituição ao então titular João Carlos. Campeão do Mundo com o Timão, em 2001, Adilson resolveu encerrar sua carreira como jogador, e começou sua carreira de treinador ao assumir o time do Mogi Mirim-SP. Após passar por diversos clubes do Brasil, e pelo Jubilo Iwata do Japão, Adilson retornou ao Timão em 2010, agora como treinador, com a difícil missão de substituir o vitorioso técnico Mano Meneses que estava indo dirigir a Seleção Brasileira. Esteve a frente do Corinthians em 17 jogos, com 7 vitórias, 6 derrotas e 4 empates, quand…

CORINTHIANS SUB-20 DE FUTSAL CONQUISTA TRICAMPEONATO

No dia em que o clube comemorou seu 101º aniversário, a equipe sub-20 do Timão conquistou o tricampeonato paulista de futsal. A conquista veio após a vitória de 5 x 2 sobre a A.D. Indaiatuba em jogo realizado no ginásio do Parque São Jorge. Foi o terceiro título conquistado em 3 campeonatos disputados no ano de 2011. Em março havia conquistado o Troféu Cidade de São Paulo , e em junho, a Taça Brasil de Clubes de forma invicta. O elenco vencedor do Corinthians é : Andrey, Bruno, Bid, Caio, Fabiano, Caique, Douglas, Daniel, Guilherme Passos, Guilherme Reis, Neguinho, Luis Guilherme, Pedro, Pina, Rafinha, Vinícius, e o técnico Lucas Chioro. VALEU GAROTADA !!!!!!!!

CALÇADA DA FAMA - ATALIBA E ZENON

Foi realizada no dia 20 de agosto de 2011, no Memorial corinthiano uma cerimônia para homenagear mais dois importantes personagens que fizeram parte da "Democracia Corinthiana" nos anos 80. O atacante Ataliba, e o meia Zenon deixaram a marca de seus pés na Calçada da Fama alvinegra. Nesse mesmo evento, a diretoria do clube inaugurou um espaço exclusivo dentro do Memorial, onde serão expostos fatos e fotos marcantes do período em que a "Democracia corinthiana" se fez presente.

CURIOSIDADES - REVISTA DOS ANOS 40

A revista Vida Esportiva , datada de 1943 trás em sua matéria de capa o Estádio Parque São Jorge, e faz uma homenagem dos 33 anos de existência do Timão.

CURIOSIDADES - O "ESCUDO PERDIDO"

Recentemente foi divulgado pela mídia, a descoberta de um distintivo usado pelo Timão em jogo amistoso contra o Germânia  , jogo este realizado no Parque Antártica em 21 de junho de 1914, e com  vitória alvinegra por 3 x 1 ( gols de Américo, Neco e Apparício). O responsável pelo Memorial do Clube no Parque São Jorge, David Costa, disse que ao reparar mais atentamente uma foto deixada por um dos conselheiros do clube, notou que o escudo da camisa usada pelos corinthianos era diferente do costumeiro da época. O escudo que continha apenas as letras C e P, também possuia uma cor de fundo no tom bege. Com essa descoberta, esse "Escudo Perdido" passa a ser o 2º na escala evolutiva entre os distintivos corinthianos.

CRAQUES DO PASSADO - DANIEL GONZÁLEZ

O uruguaio Daniel González chegou ao Timão em 1982 em plena Democracia Corinthiana. Trocado com a Portuguesa pelo também uruguaio Taborda, veio para formar a zaga alvinegra ao lado do zagueiro Mauro. Sua estréia foi no dia 28 de abril de 1982 no empate de 1 x 1 contra  a Portuguesa de Desportos.  Raçudo e firme no combate, Daniel foi logo sagrando-se campeão paulista em seu primeiro ano de clube. Em 1983 ano em que o Timão conquistaria o bicampeonato paulista, Daniel chegou a jogar 17 partidas, mas resolveu deixar a equipe, e se transferir para o Vasco da Gama. Sua última partida no Corinthians foi em 31 de julho de 1983 contra o Santos FC. Ao todo participou de 71 jogos e marcou 2 gols com a camisa corinthiana. Em 1º de fevereiro de 1985, ao retornar de uma festa na casa do também jogador Claudio Adão, na cidade do Rio de Janeiro,  acabou sofrendo um acidente automobilístico vindo a falecer aos 31 anos de idade.

CORINTHIANS STEAMROLLERS É CAMPEÃO PAULISTA DE FUTEBOL AMERICANO

O time de futebol americano do Timão, o Corinthians Steamrollers conquistou neste domingo, 3 de julho de 2011, o título de Campeão Paulista de Futebol Americano. A conquista veio após vitória sobre o São Paulo Spartans, que apesar do nome, não tem nada a ver com o timinho do Morumbi. O jogo, realizado no Parque São Jorge  foi dominado pelo time da casa desde o início, e terminou com o placar de 44 x 21. O Timão que havia ficado com o vice campeonato no ano passado,  pode finalmente comemorar.



CORINTHIANS SUB-17 CONQUISTA O BICAMPEONATO MUNDIAL

Repetindo o feito de 2010, quando conquistou o Campeonato Mundial sub-17 ao vencer o time mexicano do Chivas por 1 x 0, a garotada do Timão conquistou nesse sábado 18 de junho de 2011, o Bicampeonato Mundial ao superar o Barcelona da Espanha por 2 x 1 com gols de Juninho e Giovani. A campanha invicta para o título começou com uma goleada por 4 x 1 sobre o Atlético de Madrid. Na sequência venceu o Ajax da Holanda por 1 x 0, e empatou em 1 x 1 com o Barcelona na fase de grupos. Na semifinal, após empate por 1 x 1 no tempo normal com o Olympique de Marselha, a garotada acabou vencendo os franceses nos pênaltis por 5 x 4. Participaram da conquista os seguintes jogadores : Ravi, Paulo Cesar, Lucas, Cris, Abner, PC, Fernando, Ayrton, Douglas, Rivelino, Washington, Giovani, Édson, Kevin, Matheus, Léo, Leandro, Matheus Carnara e Juninho, além do Técnico José Augusto, o preparador físico Luiz Fernando, o preparador de goleiros Leandro Idalino, o médico Dr. Eures e o mordomo Francisco Carlos …

CRAQUES DO PASSADO - NILMAR HONORATO DA SILVA

Contratado por empréstimo de 1 ano junto ao Lyon da França em 2005 por 2 milhões de euros, Nilmar chegou ao Timão para formar dupla de ataque com o argentino Tevez.  Sua estréia com a camisa alvinegra foi no dia 7 de setembro contra o São Paulo em jogo que acabou sendo anulado graças ao escândalo da arbitragem envolvendo o juíz Edilson Pereira de Carvalho. Nilmar foi peça fundamental na vitoriosa campanha corinthiana da conquista do Tetracampeonato Brasileiro de 2005. Em 2006 durante partida contra o Palmeiras em jogo válido pelo Brasileirão daquele ano, sofre uma lesão no joelho que o afasta dos gramados por 6 meses. Em seu retorno, volta a sofrer outra lesão, desta vez no joelho esquerdo, novamente em partida contra o Palmeiras. Em agosto de 2007 após intensa batalha jurídica com o Corinthians tem seu contrato reincindido por sentença favorável da Justiça do Trabalho em razão do não recebimento de luvas que haviam sido prometidas pela então parceira do clube, a MSI. Pelo Timão fora…

CRAQUES DO PASSADO - JAVIER ALEJANDRO MASCHERANO

Argentino de Santa Fé, Mascherano começou sua carreira futebolística nas categorias de base do River Plate. Volante vigoroso na marcação, já aos 20 anos era convocado para defender a Seleção Olímpica argentina nos jogos de Atenas em 2004. Em 2005, ao preço de U$ 15 milhões é contratado pelo Timão junto ao River Plate. Sua estréia foi contra o rival Palmeiras em 10 de julho, na vitória por 3 x 1 o fez colher elogios por todos os lados. Apelidado de "Chefito" nos tempos de River devido à sua personalidade forte e comando , Mascherano acabou se tornando homem de confiança do então treinador Márcio Bittencourt. Após seu início promissor, acabou surpreendendo a todos com um fraco desempenho nas partidas seguintes. Após muito procurar a causa da queda abrupta de rendimento do atleta, a equipe médica do Corinthians acabou descobrindo que o volante tinha uma fratura por estresse no osso do pé esquerdo. Segundo relato do próprio jogador, ele vinha escondendo essa lesão há tempos, a…

CRAQUES DO PASSADO - MARCOS PEREIRA MARTINS

Natural da cidade de Santos, Marcos começou sua trajetória no Timão em 1963. Revelado pelo Jabaquara AC, teve sua primeira oportunidade no time profissional do Corinthians ainda jovem, aos 19 anos, no dia 13 de janeiro de 1963 contra o time colombiano do Independiente Santa Fé, em excursão realizada pelo clube pela América do Sul e Central. Nesse mesmo ano, foi convocado para disputar a Copa Roca pela Seleção Brasileira. Ponta-direita veloz e aplicado, Marcos em sua passagem pelo clube, jogou ao lado de grandes craques, como Rivellino, Garrincha, mas infelizmente não conquistou nenhum título relevante. Ao todo foram 186 jogos e 29 gols marcados em 6 anos defendendo as cores do Timão. Após despedir-se do Corinthians, Marcos ainda atuou pelo Bangu-RJ , Santos FC, Newell´s Old Boys e Huracan da Argentina.

GRANDES ÍDOLOS - BRUNO BONFIM "DENTINHO"

O Paulistano Bruno Ferreira Bonfim, ou simplesmente Dentinho, começou sua carreira nas categorias de base do Timão. Destaque do time de juniores, é chamado pelo então técnico Carpeggiani para atuar na equipe principal em 2007. Nesse mesmo ano faz parte do elenco que é rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Em 2008 dá a volta por cima , e com os companheiros consegue o Título do Brasileirão da série B, sendo inclusive um dos artilheiros do time na competição. Em 2009 sagra-se campeão sul-americano com a Seleção Brasileira sub-20, e pelo Corinthians fatura o Paulistão e a Copa do Brasil. Em 14 de março de 2010 marca o gol de nº 10.000 da história do Timão contra o Santo André. Dentinho alcançou no clube a importante marca de 187 jogos em 4 anos , e marcou 55 gols. Contratado recentemente pelo Shakhtar Donetsk da Ucrânia, Dentinho despede-se do Timão em 2011.

(Ao lado de Ronaldo)

CRAQUES DO PASSADO - WALTER MACHADO DA "SILVA"

Paulista de Ribeirão Preto, Silva começou sua carreira nas divisões de base do São Paulo FC. Aos 22 anos, Silva desembarca no Parque São Jorge vindo do Botafogo de Ribeirão Preto. Sua estréia foi no 21 de março de 1962 no empate em 2 x 2 num amistoso contra seu ex-clube, o Botafogo . Silva marca seu primeiro gol com a camisa alvinegra aos 5 minutos do 2º tempo. Em seu primeiro ano de clube, destaca-se ao lado do também atacante Nei, chegando a assinalar 40 gols em 46 jogos. Em 1964, ao lado de  Flávio "Minuano" marcam juntos 51 gols em 31 jogos. Apesar de não ter ganho nenhum título em sua passagem pelo clube, Silva deixa um marca respeitável de 0,63 gols por partida. No total foram 140 jogos e 89 gols marcados. Em 1965 silva despede-se do Timão e vai para o Flamengo do Rio de Janeiro onde passa a ser conhecido como Silva "batuta". Jogou ainda pelo Santos FC de Pelé e Cia em 1967, e pelo Vasco da Gama em 1970. Encerrou sua carreira em 1974.

CRAQUES DO PASSADO - RUY

O Gaúcho Ruy chegou ao Timão em 1945, trazendo na bagagem 5 títulos gaúchos pelo Internacional de Porto Alegre. Apelidado de "motorzinho" já que jogava nas duas meias em sua época de colorado , no Corinthians acabou atuando mais pela esquerda inicialmente ao lado de Valter e Pipi, e depois com Noronha. Sua estréia foi no empate em 4 x 4 contra o São Paulo em março de 1945, inclusive tendo assinalado o 3º gol do Timão aos 10 minutos do 2º tempo. Apesar de não ter conquistado nenhum título relevante em sua passagem pelo clube, Ruy fez boas apresentações em suas 162 partidas, chegando a marcar 57 gols com o manto alvinegro. Em 16 de outubro de 1949 faz sua última partida pelo Corinthians.

(Baltazar, Ruy e Servílio em 1946)

CRAQUES DO PASSADO - BELFARE GIOVANELLI

Paulista de São José dos Campos, Belfare nasceu em 26/07/1926. Iniciou sua carreira no Lençoense de Lençois Paulista - SP. Chegou ao Timão em 1947. Sua estréia foi na vitória por 4 x 0 contra a Seleção de Pinhal em 7 de setembro do mesmo ano. Foi somente com a chegada do técnico Joreca no final de 1948 que Belfare passou a ter mais oportunidades no time titular. O zagueiro Belfare tinha uma jogada característica, que era a de afastar a bola jogando o corpo para trás, no ar, como quem dá uma meia-bicicleta. Atuou em 103 jogos, e assinalou 2 gols (1 contra) com a camisa corinthiana. Seu único gol a favor foi assinalado aos 44 minutos do segundo tempo no empate em 2 x 2 contra o XV de Piracicaba em jogo válido pelo campeonato paulista de 1949. Em 9 de julho de 1952 faz sua última partida pelo clube. Em 1953 transfere-se para o Atlético Paranaense junto com Damião e Jackson, onde permaneceu até 1960. Encerrou sua carreira no A.A 29 de Maio. Trabalhou até seus últimos dias como Investiga…

CRAQUES DO PASSADO - ALUÍSIO FRANCISCO DA LUZ "ÍNDIO"

o Paraibano Índio, começou sua carreira futebolística em 1947 no Bangu-RJ. Em 1949 transferiu-se para o Flamengo-RJ onde conquistou o tricampeonato carioca de 1953/54/55. Pela Seleção Brasileira disputou a Copa do Mundo de 1954, e as eliminatórias para a Copa de 1958, tendo inclusive marcado um importante gol contra o Peru no empate por 1 x 1 em Lima no jogo de ida. Em julho de 1957 transferiu-se para o Corinthians. Em seu primeiro ano de clube, marcou 20 gols em 36 partidas. Suas 2 últimas partidas pelo Timão foram na Espanha, onde o Corinthians fez seus dois últimos amistosos de uma série de 10 que realizou na Europa, contra o Barcelona e a Seleção de La Coruña, vencendo-os respectivamente por 5 x 3 e 3 x 0 em junho de 1959. Após esses amistosos, Índio transferiu-se para o Espanyol-ESP onde jogou até 1964. Encerrou sua carreira em 1965 no América-RJ No Corinthians foram 101 jogos e 52 gols (média superior a meio gol por partida).

(Nos tempos de Corinthians)
(Atualmente)

CRAQUES DO PASSADO - HÉRCULES DE MIRANDA

Mineiro de Guaxupé, Hércules Miranda chegou ao Corinthians em 1942, vindo do Fluminense RJ, onde consagrou-se como um dos maiores ponta-esquerda da história do clube carioca. Apelidado de "O Dinamitador" devido à potência de seus chutes, Hércules, segundo o cronista esportivo da época, Geraldo Sila, tinha um canhão no pé esquerdo, e um míssil no direito. Participou da Copa do Mundo de 1938. Sua trajetória no Timão começou em maio de 1942 quando estreou na vitória por 3 x 0 contra o Atlético Paranaense em jogo amistoso. Apesar de ter chegado ao clube perto de completar 30 anos, Hércules fez ótimas apresentações com a camisa alvinegra, inclusive tendo terminado como artilheiro do campeonato Paulista de 1943 com 19 gols. No total foram 73 jogos e 56 gols marcados em 2 temporadas. Em 1944 Hércules encerra sua carreira, e retorna para o Rio de Janeiro para exercer a profissão de corretor de imóveis. Hércules faleceu aos 70 anos em 1982.