terça-feira, 16 de abril de 2013

CORINTHIANS NA LIBERTADORES 2013

A Copa Libertadores das Américas de 2013 em sua 54ª edição terá a nomenclatura oficial de Copa Bridgestone Libertadores, após a fabricante de pneus japonesa Bridgestone passar a ser a patrocinadora principal, substituindo após cinco anos o banco espanhol Santander.
O Torneio terá a participação de 38 equipes de 11 países:


O Corinthians caiu no Grupo 5 ao lado dos Bolivianos do San José de Oruro, dos Mexicanos do Tijuana e do Milionários da Colômbia.
O primeiro jogo do Timão foi na cidade boliviana de Oruro em 20 de fevereiro de 2013 contra o San José. A partida terminou empatada em 1 x 1. O fato relevante do jogo foi o acidente ocasionado por  "torcedor" corinthiano, que ao disparar um morteiro de sinalização náutica contra a torcida adversária,  acabou culminando na morte do jovem boliviano Kevin Espada de 14 anos.


Ficha do jogo - San José 1 x 1 Corinthians
Data - 20/02/2013
Horário - 21:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio Jesús Bermúdez - Oruro - Bolívia
Escalação do San José - Lampe; Tordoya, Luis Torrico e Palacios; Dury (García), Didi Torrico, Carrizo (Sejas), Reyes e Gomes (Bonafina); Saucedo e Cabrera | Técnico - Marcos Ferrufino
Escalação do Corinthians - Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André (Felipe) e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Jorge Henrique (Renato Augusto) e Danilo; Emerson (Alexandre Pato) e Guerrero | Técnico - Tite
Cartões amarelos - Guerrero, Cássio e Fábio Santos (Corinthians)
Cartões vermelhos - 
Gols - 1º Tempo - Guerrero, aos 5 minutos | 2º Tempo - Saucedo, aos 15 minutos
Árbitro - Carlos Vera (Equador)


A segunda partida foi em  27 de fevereiro  no Pacaembu contra os colombianos do Milionários . Nesse jogo, o Timão não pode contar com a presença de seus torcedores, pois fora penalizado pela Conmebol após o incidente em Oruro. Apenas 4 torcedores corinthianos assistiram a partida após conseguirem mandado judicial para a mesma.

O Timão conseguiu sua primeira vitória na competição ao vencer os colombianos por 2 x 0.


Ficha do jogo - Corinthians 2 x 0 Millonarios
Data - 27/02/2013
Horário - 22:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio do Pacaembu - São Paulo - Brasil
Escalação do Corinthians - Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Renato Augusto (Douglas), Paulinho, Ralf e Danilo (Romarinho); Alexandre Pato (Emerson) e Guerrero | Técnico - Tite
Escalação do Millonarios - Delgado; Ochoa, Ithurralde, Franco e Martínez; Candelo (Mosquera), Otálvaro, Robayo (Ortiz) e Blanco; Rentería e Montero (Perlaza) | Técnico - Hernán Torres
Cartões amarelos - Renato Augusto e Emerson (Corinthians) | Franco (Millonarios)
Cartões vermelhos - Martínez (Millonarios)
Gols - 1º Tempo - Guerrero, aos 10 minutos | 2º Tempo - Alexandre Pato, aos 3 minutos
Árbitro - Néstor Pitana (Argentina)


O terceiro jogo da 1ª fase foi contra os mexicanos do Tijuana. O Timão que lutava por uma invencibilidade de 16 partidas na Libertadores, acabou sucumbindo diante dos mexicanos. Final Tijuana 1 x 0.



Ficha do jogo - Tijuana 1 x 0 Corinthians
Data - 06/03/2013
Horário - 17:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio Caliente - Tijuana - México
Escalação do Tijuana - Saucedo; Abrego, Gandolfi, Aguilar e Núñez; Pellerano, Arce, Martínez (Garza) e Corona; Riascos e Moreno (Ruíz) | Técnico - Antonio Mohamed
Escalação do Corinthians - Cássio; Alessandro (Romarinho), Gil, Paulo André (Edenilson) e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Renato Augusto (Douglas); Pato e Guerrero | Técnico - Tite
Cartões amarelos - Moreno, Aguilar e Gandolfi (Tijuana); Fábio Santos, Guerrero e Paulinho (Corinthians)
Cartões vermelhos - 
Gols - 2º Tempo - Gandolfi, aos 19 minutos
Árbitro - Víctor Carrillo (Peru)


Em 13 de março, no jogo de volta contra os mexicanos do Tijuana no Pacaembu, e com a volta dos seus torcedores, o Timão não teve dificuldades, e venceu facilmente a partida por 3 x 0.



Ficha do jogo - Corinthians 3 x 0 Tijuana
Data - 13/03/2013
Horário - 22:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio do Pacaembu - São Paulo - Brasil
Escalação do Corinthians - Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Renato Augusto; Guerrero e Pato (Romarinho) | Técnico - Tite
Escalação do Tijuana - Saucedo; Nuñez, Gandolfi, Aguilar e Abrego (Garza); Fernando Arce, Pellerano, Corona (Ruiz) e Moreno; Martínez e Riascos (Marquez) | Técnico - Antonio Mohamed
Cartões amarelos - Alessandro (Corinthians); Aguilar, Arce, Pellerano, Moreno e Nuñez (Tijuana)
Cartões vermelhos - 
Gols - 1º Tempo - Pato, aos 26 minutos, e Guerrero, aos 35 | 2º Tempo - Paulinho, aos 36 minutos
Árbitro - 
Auxiliares - 
Público - 33.120
Renda - R$ 2.049.017,50


Em 3 de abril foi a vez do Corinthians viajar até a Colômbia para enfrentar no jogo de volta o time do Milionários.  Com gol de Danilo no 2º tempo de jogo, o Timão retornou ao Brasil com 3 pontos na bagagem.



Ficha do jogo - Millonários 0 x 1 Corinthians
Data - 03/04/2013
Horário - 20:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio El Campín - Bogotá - Colômbia
Escalação do Millonarios - Zapata; Ochoa, Torres, Franco e Díaz (Leudo); Ramírez, Ortíz (Perlaza), Otálvaro e Candelo (Tancredi); Rentería e Montero | Técnico - Hernán Torres
Escalação do Corinthians - Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho (Edenílson), Emerson (Chicão) e Danilo; Alexandre Pato (Jorge Henrique) | Técnico - Tite
Cartões amarelos - Emerson (Corinthians)
Cartões vermelhos - 
Gols - 2º Tempo - Danilo, aos 12 minutos
Árbitro - Saúl Laverni (Argentina)


Em 10 de abril foi realizada a última partida da fase de grupos. Jogando em casa contra os bolivianos do San José, o Timão venceu sem dificuldades por 3 x 0 .



Ficha do jogo - Corinthians 3 x 0 San José
Data - 10/04/2013
Horário - 22:00 (22:00 - horário de Brasília)
Local - Estádio do Pacaembu - São Paulo - Brasil
Escalação do Corinthians - Julio Cesar; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho (Edenílson); Romarinho, Emerson e Danilo (Alexandre Pato); Guerrero (Jorge Henrique) | Técnico - Tite
Escalação do San José - Lampe; Burton, Tordoya, Luis Torrico e García; Didí Torrico, Sejas, Padilla e Reyes (Saucedo); Marcelo (Carrizo) e Flores | Técnico - Marcos Ferrufino
Cartões amarelos - Luis Torrico, García e Carrizo (San José)
Cartões vermelhos - Tordoya (San José)
Gols - 1º Tempo - Romarinho, aos 26 minutos | 2º Tempo - Guerrero, aos 15 minutos; e Edenilson, aos 48
Árbitro - Mauro Vigliano (Argentina)
Auxiliares - Ernesto Uziga (Argentina) e Julio J. Fernández (Argentina)
Público - 32.408 pagantes
Renda - R$ 2.245.637,50

Em 1º de maio começa as oitavas de final da competição. Jogando em Buenos Aires, o Timão sucumbiu diante dos argentinos por 1 x 0 .



Ficha do Jogo 
Boca Juniors 1 X 0 Corinthians
Local: La Bombonera, em Buenos Aires (Argentina)

Horário: 22 horas (de Brasília)

Data: 1º de maio de 2013 (quarta-feira)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Roman (CHI)
Cartões amarelos: Somoza, Marín, Burdisso, Erviti, Erbes e Bravo (Boca Juniors); Paulo André e Guerrero (Corinthians)
Cartão vermelho: Ledesma (Boca Juniors)
Gol: Blandi, aos 13 minutos do segundo tempo

BOCA JUNIORS: Orión; Marín, Caruzzo, Burdisso e Clemente Rodríguez; Somoza, Erbes (Bravo), Erviti (Ledesma) e Sánchez Miño; Martínez e Blandi (Magallán)

Técnico: Carlos Bianchi

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf (Douglas) e Paulinho; Romarinho (Alexandre Pato), Emerson e Danilo (Jorge Henrique); Guerrero

Técnico: Tite

Se já era complicada a situação do Timão após perder o primeiro jogo por 1 x 0 em Buenos Aires, a situação se complicou ainda mais com a pífia atuação do trio de arbitragem paraguaio. Capitaneados pelo gorducho  Carlos Amarilla, o Corinthians viu suas chances de seguir na competição continental se dissiparem ao ter 2 gols legítimos anulados pelos incompetentes e mal posicionados bandeirinhas que enxergaram impedimento e falta respectivamente em jogadas legais, além de 2 pênaltis não marcados pelo fraco e tendencioso juiz Paraguaio.
O Boca abriu o placar com um chute errado do craque argentino Riquelme, que ao tentar cruzar a bola, acabou marcando um golaço no adiantado goleiro corinthiano.
O Timão teve chances de empatar o jogo e até virar ainda no 1º tempo, mas graças aos erros bisonhos da arbitragem foi para o intervalo em desvantagem.
Na volta para o 2º tempo, o Timão, agora com Alexandre Pato em campo, imprimiu um ritmo avassalador, e após perder algumas chances reais de gol, acabou empatando a partida com Paulinho de cabeça. A partida continuou com o corinthians sufocando os argentinos, mas novamente a arbitragem foi decisiva no resultado ao anular um gol legítimo de Paulinho, e ao não marcar um pênalti do zagueiro argentino em Emerson Sheik.
Apesar de não ter jogado o mesmo futebol vibrante que tinha feito dias antes com o Santos na primeira partida da decisão do Paulistão, a Fiel torcida empurrou o time os 90 minutos, e soube valorizar o espírito guerreiro dos jogadores alvinegros, aplaudindo-os mesmo após o término do jogo.

(Penalidade não marcada no 1º tempo)


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 BOCA JUNIORS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 15 de maio de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Assistentes: Rodney Aquino e Carlos Cáceres (ambos do PAR)
Público: 36.319 pagantes (total de 38.445)
Renda: R$ 2.709.112,50
Cartões amarelos: Emerson, Alessandro e Paulinho (Corinthians); Marin, Orión e Blandi (Boca Juniors) 
Gols: CORINTHIANS: Paulinho, aos 5 minutos do segundo tempo; BOCA JUNIORS: Riquelme, aos 24 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro (Edenílson), Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho (Alexandre Pato), Danilo (Douglas) e Emerson; Guerrero
Técnico:Tite
BOCA JUNIORS: Orión; Marín, Caruzzo, Burdisso e Clemente Rodríguez; Erbes (Bravo), Somoza, Erviti e Sánchez Miño; Riquelme (Viatri); Blandi (Zárate)

Técnico: Carlos Bianchi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.