Pular para o conteúdo principal

GRANDES ÍDOLOS - EMERSON SHEIK

O carioca Márcio Passos de Albuquerque, mais conhecido como Emerson Sheik,  iniciou sua carreira profissional em 1998 no São Paulo FC onde permaneceu até o ano 2000, quando se transferiu para o futebol japonês.Após 5 temporadas na terra do sol nascente transferiu-se para o Qatar, onde fez fama e dinheiro, e de onde herdou o apelido de Sheik. 

Resultado de imagem para emerson sheik corinthians 2011

Após 9 anos longe do Brasil, resolve voltar, e acaba se tornando o único jogador a conquistar 3 títulos de Campeão Brasileiro consecutivos por 3 equipes distintas, Flamengo, Fluminense e Corinthians. 
Sua chegada no Timão foi em maio de 2011. Sua estréia aconteceu em 5 de junho contra seu ex-clube Flamengo em partida válida pelo Brasileirão daquele ano. A partida terminou empata em 1 x 1, e Émerson estreou sob vaias da torcida rubro negra ao substituir Jorge Henrique na segunda etapa de jogo.

Resultado de imagem para brasileirão 2011 corinthians
(Contra o Santos de Neymar )

Ainda em 2011 conquistaria seu primeiro título com a camisa do Corinthians, ao faturar seu terceiro e consecutivo Brasileirão. 


Em 2012 foi fundamental na conquista da 1ª Libertadores pelo Timão ao marcar gols decisivos na semifinal contra o Santos, e na final contra os argentinos do Boca Juniors.

Um fato curioso ocorreu durante a partida final contra os argentinos, a guerra particular entre Emerson e o zagueiro Caruzzo. Em determinado momento de disputa, o atacante corinthiano acabou dando uma mordida na mão do zagueiro. Sobre a atitude, Emerson disse na época: 
– A ideia era que fosse um duelo honesto, mas por duas vezes ele cuspiu em mim. Eu pensei: “Como vou matar esse cara?”. Não poderia dar um soco, perder a cabeça. Fiz ele provar do próprio veneno. Eles (argentinos) gostam de fazer isso, e fiz com eles –


Ainda em 2012 conquistaria seu primeiro título Mundial de Clubes da FIFA ao vencer a final contra os ingleses do Chelsea, o segundo do Timão.

(Disputando com o inglês Lampard do Chelsea)

Em 2013, ocorreram alguns problemas extra-campo que acabaram atrapalhando o desempenho do jogador em campo, mas mesmo assim conquista mais  2 títulos com a camisa alvinegra, o Paulistão e a Recopa Sul americana. 



Em 2014, com a saída de Tite, e a chegada de Mano Menezes, perde espaço no time principal, já que a filosofia de trabalho do novo treinador é a de renovação do elenco.
Em abril acerta sua transferência por empréstimo até o final do ano com o Botafogo carioca.
Até o momento, foram 137 jogos, 23 gols e 4 títulos pelo Corinthians, e quem sabe em 2015 esteja de volta ao clube que segundo as palavras do próprio jogador em seu discurso de despedida,  'Corinthians foi tudo na minha vida e, profissionalmente, o melhor'.
Em 2015, após 6 meses emprestado ao Botafogo-RJ, e com o aval do técnico Tite, o atacante foi reintegrado ao elenco, mas jogou pouco, não tendo seu contrato renovado pela Diretoria.
Em 13 de junho, antes da partida contra o Internacional RS foi homenageado pelos 4 anos de serviços prestados ao Clube.

Resultado de imagem para emerson sheik homenagem placa corinthians
(homenageado)

Após sua saída, Emerson teve passagens discretas pelo Flamengo e Ponte Preta.
No início de 2018 retornou ao Corinthians para a princípio fazer sua despedida do futebol. Um contrato de 6 meses foi assinado, mas pelo desempenho que teve na campanha do título do Paulistão, ninguém ficará surpreso se a sua permanência não seja estendida até o final do ano.

Resultado de imagem para emerson sheik paulistão 2018
(Campeão Paulista ao lado de Pedrinho)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1981 ANO DO PRIMEIRO REBAIXAMENTO DO CORINTHIANS

1981 será um ano para ser esquecido pelos torcedores corinthianos. No Brasileiro, o time alcança sua pior classificação de sua história em campeonatos brasileiro, a 26º colocação. No Campeonato Paulista, que classificava apenas os 7 primeiros colocados automaticamente para o Brasileirão do ano seguinte, o Timão acabou na 8ª colocação, e viu-se obrigado a disputar a Taça de Prata, nome que se dava à segunda divisão do Campeonato Brasileiro. 
(Rondinelli, Gomes, Zé Maria, Rafael, Caçapava e Wladimir. Agachados: Biro-Biro, Sócrates, Mário, Zenon e Paulo César Caju)

TODOS OS UNIFORMES OFICIAIS DO CORINTHIANS

O primeiro uniforme do Timão era uma cópia do Time Inglês, Camisas bege e Calções Pretos. Como era difícil encontrar calções desta cor, o time utilizou calções brancos . O engraçado, era que o Calção do time inglês era na verdade azul escuro.
Em sua estréia no Futebol Oficial, em 1913, o Time aparece vestido com camisas brancas e calções pretos, cujas primeiras camisas  teriam sido feitas com sacos de farinha. Neste periodo que compreende os anos de 1913 a 1919, a única mudança seria em relação ao distintivo.


A partir de 1919 a camisa ganha um novo distintivo, perde a gola e os punhos pretos.


Em 1939 surge o distintivo com a âncora e os remos. Voltam a gola e os detalhes das mangas em preto.


Em 1949, em homenagem ao Torino da Itália, cujo time havia sido dizimado em acidente aéreo quatro dias antes, o Timão enfrenta a Lusa em um amistoso, vestindo uma camisa grená.

Em 1965 o Timão representa a Seleção Brasileira com a camisa azul da antiga CBD, em um amistoso contra o Arsenal da Ing…

A HISTÓRIA DO CLÁSSICO - CORINTHIANS X SANTOS

Dentre os times considerados grandes do futebol paulista, Corinthians e Santos é considerado o clássico mais antigo. A primeira partida envolvendo as duas agremiações nesse centenário confronto ocorreu em 22 de junho de 1913 com vitória do time praiano por 6 x 3. A primeira vitória do Timão aconteceu apenas em 26 de agosto de 1917 quando  venceu por 3 x 0 todos marcados por Neco. Em 11 de julho de 1920, o Corinthians aplicou sua maior goleada contra o Santos 11 x 0. A partida realizada na Vila Belmiro teve que ser interrompida aos 21 minutos do 2º tempo, já que os jogadores do Santos começaram a forçar expulsões até ficarem com um número insuficiente para que a partida pudesse ser concluída. Os heróis daquela tarde foram : Colombo, Nando, Gano, Garcia, Amilcar, Ciasca, Américo, Neco, Bororó, Gambarotta e Basílio (Foto abaixo)



Em 4 de setembro de 1927 foi a vez do time praiano aplicar uma goleada de 8 x 3.
Em janeiro de 1931 a torcida corinthiana lota 80 vagões de trem que saíram das …