quinta-feira, 17 de abril de 2014

GRANDES ÍDOLOS - EMERSON SHEIK

O carioca Márcio Passos de Albuquerque, mais conhecido como Emerson Sheik,  iniciou sua carreira profissional em 1998 no São Paulo FC onde permaneceu até o ano 2000, quando se transferiu para o futebol japonês.Após 5 temporadas na terra do sol nascente transferiu-se para o Qatar, onde fez fama e dinheiro, e de onde herdou o apelido de Sheik. 


Após 9 anos longe do Brasil, resolve voltar, e acaba se tornando o único jogador a conquistar 3 títulos de Campeão Brasileiro consecutivos por 3 equipes distintas, Flamengo, Fluminense e Corinthians. 
Sua chegada no Timão foi em maio de 2011. Sua estréia aconteceu em 5 de junho contra seu ex-clube Flamengo em partida válida pelo Brasileirão daquele ano. A partida terminou empata em 1 x 1, e Émerson estreou sob vaias da torcida rubro negra ao substituir Jorge Henrique na segunda etapa de jogo.


Ainda em 2011 conquistaria seu primeiro título com a camisa do Corinthians, ao faturar seu terceiro e consecutivo Brasileirão. 


Em 2012 foi fundamental na conquista da 1ª Libertadores pelo Timão ao marcar gols decisivos na semifinal contra o Santos, e na final contra os argentinos do Boca Juniors.

Um fato curioso ocorreu durante a partida final contra os argentinos, a guerra particular entre Emerson e o zagueiro Caruzzo. Em determinado momento de disputa, o atacante corinthiano acabou dando uma mordida na mão do zagueiro. Sobre a atitude, Emerson disse na época: 
– A ideia era que fosse um duelo honesto, mas por duas vezes ele cuspiu em mim. Eu pensei: “Como vou matar esse cara?”. Não poderia dar um soco, perder a cabeça. Fiz ele provar do próprio veneno. Eles (argentinos) gostam de fazer isso, e fiz com eles –


Ainda em 2012 conquistaria seu primeiro título Mundial de Clubes da FIFA ao vencer a final contra os ingleses do Chelsea, o segundo do Timão.

(Disputando com o inglês Lampard do Chelsea)

Em 2013, ocorreram alguns problemas extra-campo que acabaram atrapalhando o desempenho do jogador em campo, mas mesmo assim conquista mais  2 títulos com a camisa alvinegra, o Paulistão e a Recopa Sul americana. 



Em 2014, com a saída de Tite, e a chegada de Mano Menezes, perde espaço no time principal, já que a filosofia de trabalho do novo treinador é a de renovação do elenco.
Em abril acerta sua transferência por empréstimo até o final do ano com o Botafogo carioca.
Até o momento, foram 137 jogos, 23 gols e 4 títulos pelo Corinthians, e quem sabe em 2015 esteja de volta ao clube que segundo as palavras do próprio jogador em seu discurso de despedida,  'Corinthians foi tudo na minha vida e, profissionalmente, o melhor'.
Após 6 meses emprestado ao Botafogo-RJ, e com o aval do técnico Tite, o atacante está de volta ao clube para disputar a temporada de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.