domingo, 17 de janeiro de 2016

GRANDES ÍDOLOS - RALF

Chegou ao fim a  vitoriosa passagem do volante Ralf pelo Corinthians. Foram  352 jogos ,9 gols marcados e 6 títulos conquistados com a camisa alvinegra em 6 anos. No início de 2016 foi confirmada sua transferência  para a equipe chinesa do Beijing Guoam.
O paulistano Ralf de Souza Teles chegou ao Timão em 2010 vindo do Grêmio Barueri. A princípio foi contratado para reforçar o elenco que disputaria a Taça Libertadores daquele ano. Desde a saída do  volante Cristian para o futebol turco em julho de 2009 que formava uma dupla afiada com Elias, a comissão técnica estava encontrando dificuldades para achar dentro do elenco que dispunha um outro jogador que tivesse o mesmo desempenho do antecessor. Com a chegada de Ralf tudo ficou mais fácil, pois o voluntarioso e aguerrido jogador encaixou-se como uma luva no esquema tático, e logo se tornou titular da camisa 5. Em sua primeira temporada não conquistou nenhum título, mas foi o suficiente para se firmar na posição. Marcou seus primeiros 2 gols durante o Campeonato Brasileiro.

(Ao lado de Elias, sintonia pura)


Em 2011, após o vice-campeonato Paulista, conquista seu primeiro título com o manto alvinegro, o de Campeão Brasileiro jogando agora ao lado de Paulinho já que Elias havia se transferido para o futebol espanhol. Sua atuação durante a competição lhe rendeu também o prêmio  de melhor volante do campeonato, além de terminar a temporada sem receber um único cartão vermelho. Ralf marcou 1 gol no Brasileirão

(Chapelando Neymar no Paulistão de 2011)


(Ralf e Paulinho Campeões Brasileiro em 2011)


Em 2012, consagra-se ao conquistar a 1ª Copa Libertadores da história do clube, e de quebra o Bicampeonato mundial de clubes da FIFA. Nessa temporada marcou 1 gol no Brasileirão, e 1 gol na Libertadores, gol esse que garantiu o empate do time na estreia da competição. Apesar de atuar no setor defensivo, Ralf novamente não foi punido nenhuma vez com o cartão vermelho durante toda a temporada.

(Comemorando seu gol na estréia da Libertadores 2012)

(Desfilando com a Taça do Mundial de Clubes 2012)



Em 2013 dias após a polêmica e precoce eliminação da Libertadores para os argentinos do Boca Juniors com direito a show de horrores da arbitragem,  ganha seu primeiro Paulistão em cima do Santos de Neymar em plena Vila Belmiro. Em julho conquista a Recopa Sul-americana ao derrotar o São Paulo nos jogos de ida e volta por 2x1 e 2x0 respectivamente. Nessa temporada marcou um gol no Brasileirão.

(Dando um chega pra lá em Ganso no Paulistão 2013)

(Disputando uma jogada com Douglas na Recopa 2013)

Em 2014, com a saída do Técnico Tite, o time cai de rendimento e não consegue nenhum resultado expressivo durante o ano. Nessa temporada, Ralf atuou como capitão em 46 jogos e marcou 1 gol na Copa do Brasil. Terminou o ano novamente sem receber nenhum cartão vermelho.

(Em ação contra o Atlético Mineiro no Brasileirão 2014)


Em 2015, o técnico Tite retorna ao comando da equipe , mas o Corinthians que sofre financeiramente acaba perdendo peças chaves em seu elenco, como Guerrero, Sheik e Fábio Santos o que acaba refletindo em muito no desempenho da equipe.  Apesar das fracas campanhas  no Paulistão, Libertadores e Copa do Brasil, a diretoria resolve confiar e manter o técnico Tite. Após um início de Brasileirão duvidoso, onde a grande maioria das pessoas acreditavam que o Timão iria no máximo brigar para não ser rebaixado, o time acaba engrenando, torna-se uma máquina afiada e ajustada em todos os setores, e encerra a temporada com o Hexacampeonato Brasileiro quebrando vários recordes positivos durante a competição. Ralf, que atuou em 31 dos 38 jogos do Brasileirão, foi fundamental para que o time alcançasse esses números. Como reconhecimento, teve a honra de erguer o Troféu do Campeonato.  Mais uma vez, o volante terminou a temporada sem receber nenhum cartão vermelho, provando que um defensor pode ser efetivo sem ser violento ou desleal.

(Sendo homenageado pelos 350 jogos pelo Timão)


(Erguendo o Troféu do Hexa)

Valeu Pitbull.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.