sábado, 20 de novembro de 2010

CRAQUES DO PASSADO - CARLOS ROBERTO GALLO

Carlos Roberto Gallo começou sua carreira na Ponte Preta de Campinas em 1974 onde permaneceu até 1983. Entre 1975 e 1976, defendeu a Seleção Olímpica em 24 oportunidades. Já  atuando pela  Seleção Brasileira principal foram 44 jogos e 3 Copas do Mundo no curriculo - 1978,1982 e 1986. Velho sonho da Diretoria corinthiana desde 1977, quando ainda defendia a Ponte Preta, Carlos finalmente acabou sendo contratado no início de 1984. Sua estréia foi contra a Seleção Japonesa no dia 22 de janeiro na cidade de Tóquio no Japão. Considerado um dos maiores goleiros de todos os tempos, Carlos também tinha fama de ser pé-frio. Num lance durante a Copa do Mundo de 1986 contra a França, Carlos sofreu um gol de penalti após a bola que bateu na trave,  voltar contra suas costas antes de entrar. Outra curiosidade, é a de nunca ter conquistado em 20 anos como profissional no Brasil,  um único título jogando.
No Corinthians conquistou o Paulistão de 1988, embora nas partidas que decidiram o campeonato tenha sido substituido pelo então reserva Ronaldo, já que havia se machucado.
Após 159 jogos, despediu-se do Timão, e foi para o Galatasaray da Turquia.
Encerrou sua carreira como jogador em 1993 na Portuguesa de Desportos.
Atualmente trabalha como treinador de goleiros na Ponte Preta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

AS PELOTAS DOS CENTENÁRIOS DO CORINTHIANS

Além de todas as glórias já alcançadas em sua centenária trajetória, o Corinthians continua sendo o único time Paulista detentor de 2 Títul...