sexta-feira, 1 de outubro de 2010

GRANDES ÍDOLOS - WILSON MANO

Autêntico Curinga,  Wilson Mano, em seus 7 anos de clube, ocupou as mais variadas posições dentro do time corinthiano. Contratado junto ao XV de Jaú  para jogar originalmente como volante, chegou a vestir praticamente quase todos os  números de camisas do time, principalmente devido à sua polivalência dentro de campo. Só não atuou como goleiro, porque não houve a necessidade. Co-responsável pelo gol do título , marcado por Viola na final do Paulista de 1988 (Foi dele que partiu o chute errado, que foi desviado por Viola), Wilson Mano teve também importante participação na conquista do Brasileirão de 1990 ao marcar o  gol da vitória na 1ª partida das Finais contra o São Paulo por 1 x 0.
Em 1993 transferiu-se para o futebol japonês, onde defendeu os times do Yamaha, e do Bellmare.
Em 1994 retornou ao Timão, onde jogou sua última temporada com a camisa alvinegra.
Mesmo não iniciando a maioria das partidas como titular, Mano entra para a galeria como o 15º jogador que mais vezes vestiu o manto alvinegro. 408 partidas, e 35 gols
Encerrou sua carreira no XV de Jaú, clube onde começou.




(Comemorando gol contra o São Paulo de Zetti na Final do Brasileiro de 1990)


Um comentário:

  1. Fernando,
    Pena que o clube não homenageou o craque na galeria de ídolos do centenário, jogador aplicado e polivalente, no entanto Rincon está lá.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.