domingo, 31 de outubro de 2010

SÉRGIO ECHIGO/ETIGO - O JAPONÊS QUE ENSINOU O "DRIBLE DO ELÁSTICO" A RIVELLINO

Segundo o próprio Rivellino, quem inventou o famoso "Drilbe do elástico" que ficou imortalizado nos pés do ex-craque corinthiano, foi um jogador de origem nipônica que se destacava nos aspirantes do Timão em 1964. Seu nome era Sérgio Echigo, ou Etigo como alguns preferem escrever.
Ponta direita extremamente habilidoso  , coube a ele mostrar os segredos do drible que se tornaria famoso nos pés do próprio Rivellino.
Sérgio Echigo  chegou a disputar 11 partidas no time principal em 1965.
Em 1972 mudou-se para o Japão, onde defendeu o Towa Real Estate´s Soccer Club, atual Shonan Bellmare. Trabalhou durante vários anos ensinado em suas escolinha, a arte do futebol às crianças japonesas.
É um dos mais conhecidos e respeitados comentaristas esportivos do Japão.


(Nos tempos do aspirantes com Rivellino)


GRANDES ÍDOLOS - SILVINHO

Formado nas categorias de base do Timão, Sylvio Mendes Campos Junior, estreou no time principal em 1994, mas jogou pouco em seu ano de estréia. Em 1995 após a saída do lateral-esquerdo Branco, passou a disputar a posição com o também lateral Daniel. Em 1996 passa a ser titular absoluto da lateral-esquerda do time. Bom no desarme, Silvinho também sabia apoiar, e cruzar. Sua única deficiência era com a finalização a gol. Resultado:  marcou apenas 3 gols nos 265 jogos que disputou com a camisa alvinegra de Parque São Jorge.Após conquistar 3 títulos paulistas, 1 Copa do Brasil, e 1 Campeonato Brasileiro, Silvinho acabou sendo negociado com o Arsenal (ING) em 1999.
Jogou ainda no Celta de Vigo (ESP), Barcelona (ESP) e Manchester City (ING).
Pela Seleção Brasileira disputou 6 jogos entre 1997 e 2001.



sábado, 30 de outubro de 2010

CRAQUES DO PASSADO - ZÉ EDUARDO

Natural de Campinas -SP, José Eduardo de Toledo Pereira foi revelado nos juvenis do Timão.
Zagueiro forte, e que não tinha medo de divididas, logo caiu nas graças da Fiel.
Sua 1ª partida no time profissional foi em 16 de junho de 1974 na derrota para o Fortaleza (CE) por 2 x 0 em jogo válido pelo Brasileiro daquele ano.
Veio a se firmar mesmo, em 1977, quando ao lado do Zagueiro Moisés, formou a dupla de zaga Campeã Paulista findando o tabu de quase 23 anos sem título.
Apesar de ter sido titular na maioria dos jogos do Campeonato Paulista de 1977, inclusive nas duas primeiras partidas da decisão contra a Ponte Preta, Zé Eduardo acabou ficando de fora da decisão pois acabou levando o 3º cartão amarelo no jogo anterior. Resultado:  quem teve o privilégio, e a sorte de sair na foto do tão sonhado título, foi o zagueiro Ademir Gonçalves que acabou substituindo-o.
Em 1979 conquistou mais um Campeonato Paulista, só que agora como reserva imediato da dupla titular Mauro e Amaral.
Em 1980, após 179 jogos e 2 gols contra, transferiu-se para o Botafogo (RJ).
Em 2006 passou a revelar novos talentos no Timão.
Em 2010 assumiu o cargo de treinador do Corinthians - CT de Penápolis, além de ser o responsável pela formação da equipe sub-17 que disputará no início de 2011 a Copa de Futebol Internacional de Promissão - SP.
Faleceu em 26 de abril de 2016 aos 63 anos de idade vitimado por um câncer ósseo.
Descanse em paz Campeão.






(Com Tupãzinho no CT de Penápolis)

CRAQUES DO PASSADO - ADEMIR GONÇALVES

Zagueiro extremamente raçudo e voluntarioso, logo caiu nas graças da Fiel. Vindo do XV de Piracicaba em 1972, Ademir estreou em dezembro contra o América (RJ) em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, dividindo a zaga com o jogador Baldochi. Em seu primeiro ano, jogou pouco, e muitas vezes improvisado como lateral.
Emprestado ao Guarani no início de 1974, retornaria ao Timão no final do mesmo ano, para assumir a vaga deixada por Luis Carlos, que havia se transferido para o Flamengo.
Em 1976, com a chegada de Zé Eduardo, Ademir volta para a reserva, e assim, assiste o Timão a ser Vice-Campeão Brasileiro, ao perder a final para o Internacional (RS).
Na final de 1977 é Ademir quem aparece na foto do Título Paulista, ao entrar como titular no jogo final contra a Ponte Preta, já que o titular Zé Eduardo estava suspenso.
Após 215 jogos e 3 gols marcados (1 contra), Ademir faz sua última partida com a camisa do Corinthians em 26 de agosto de 1978.
Após se aposentar, tornou-se comentarista esportivo em sua terra natal, Santa Bárbara Dóeste, além de comercializar carros novos e usados .



GRANDES ÍDOLOS - SETEMBRINO DA COSTA ALVES (BINO)

Nascido curiosamente exatos 10 anos após a fundação do Corinthians, Setembrino da Costa Alves, o Bino, foi um dos goleiros mais marcantes da história do clube. Apelidado de "Gato Preto" devido à sua agilidade, e ao seu uniforme todo preto, Bino foi titular por quase 7 anos da meta alvinegra. Vindo do Coritiba, estreou contra o Vasco da Gama em fevereiro de 1943, ao substituir o titular Rato, num amistoso vencido pelo time cruzmaltino. Revezando a titularidade da posição com o goleiro Rato nos dois primeiros anos de clube, Bino foi aos poucos galgando seu lugar como goleiro titular, e em meados de maio 1945 conquista definitivamente a posição de número 1 do time.  Em 1950 conquista seu único título como titular, o Rio-São Paulo. Com a chegada de Cabeção, vindo dos aspirantes em 1950, Bino vai aos poucos perdendo seu espaço no time titular, e finalmente após 234 jogos, despede-se do clube em 1951.     


(Bino em ação)
            

CORINTHIANS HOMENAGEIA O TORINO DA ITÁLIA

Pelo menos uma vez em sua centenária história, o time corinthiano entrou em campo vestindo as camisas de um outro clube. Esse fato se deu em 8 de maio de 1949, quando em homenagem ao time italiano do Torino, que perdeu 18 de seus jogadores em desatre aéreo ocorrido 4 dias antes, o Timão vestiu-se com a camisa cor grená do time italiano. O Jogo foi no Pacaembu contra a Portuguesa, e a renda da partida foi destinada aos familiares dos jogadores que faleceram na tragédia. A Partida terminou com a vitória do Timão por 2 x 0, gols de Colombo e Noronha. Curiosamente, no ano anterior,  o Timão havia sido o único clube brasileiro que vencera o Campeão Italiano em sua excursão pelo Brasil em 1948.

(Hélio, Noronha, Edélcio, Baltazar, Servílio e Colombo. Agachados: Rubens, Touguinha, Bino, Belacosa e Belfare)

A HISTÓRIA DO CLÁSSICO - CORINTHIANS X FLAMENGO

A história do clássico envolvendo os dois times mais populares do Brasil,  Corinthians e Flamengo já é centenária. A primeira partida envolvendo os dois times , também foi o primeiro confronto interestadual do Timão. O jogo aconteceu em 1º de dezembro de 1918, e o Corinthians saiu-se vitorioso por 2 x 1 com gols de Neco e Amilcar para o Timão, e Carlos Araújo para o Flamengo.

(1ª partida em 1918)

 (Amilcar, capitão do Corinthians )

Em 25 de fevereiro de 1961, dia da inauguração dos refletores do Parque São Jorge, o Corinthians em partida amistosa, aplicou sua maior goleada em cima do rubro-negro carioca, em número de gols marcados, 7 x 2.
A maior goleada por diferença de gols, aconteceu em 3 de maio de 1953, quando o esquadrão mosqueteiro capitaneados por Cláudio, enfiou 6 x 0 em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo daquele ano, Torneio esse, vencido pelo Timão.
Já o Flamengo em 1949, goleou o Timão por 6 x 2 em jogo válido pelo Torneio Rio-São Paulo.
O maior público presente num jogo envolvendo as duas agremiações  aconteceu em 6 de maio de 1984 no Estádio do Morumbi, quando mais de 115 mil torcedores pagantes assistiram o Timão de Sócrates, Casagrande e cia golear a equipe carioca por 4 x 1  em partida válida pelo Brasileirão daquele ano.

( 1984 - Recorde de público)

Até hoje, Corinthians e Flamengo já se enfrentaram em 136 jogos. O equilíbrio entre as duas equipes pode ser visto nos números. Foram 53 vitórias do Flamengo, 54 vitórias do Corinthians, e 29 empates.

(Petkovic x Danilo)



No primeiro semestre de 2015 após um ótimo início de ano, o Corinthians começou a perder várias peças importantes em seu elenco graças a uma enorme crise financeira . Dentre elas  seus 2 principais atacantes e ídolos da Fiel torcida, Paolo Guerrero e Émerson Sheik que com a não renovação de seus contratos  acabaram se transferindo para o Flamengo. O primeiro encontro entre as duas equipes válido pela 13ª rodada do Brasileirão  criou uma grande expectativa  já que na tabela do Campeonato o Timão brigava pelo G4, enquanto o Flamengo encontrava-se na zona de degola, mas em compensação teria a estreia dos dois novos reforços. Na internet, as provocações nas redes sociais e sites do Clubes também ganhavam destaques , mas graças a uma cláusula contratual  Guerrero e Sheik não puderam enfrentar seu ex-clube , ficando o encontro programado para o 2º turno da competição quando as duas equipes voltarão a se enfrentar desta vez, na Arena Corinthians em Itaquera. Dentro de campo, o Corinthians não tomou  conhecimento do adversário e aplicou um sonoro 3 x 0 com gols de Elias, Uendel e Jadson , e de quebra acabou com um tabu de 8 anos sem vitórias dentro do Maracanã.


(Elias, autor do 1º gol do clássico)

O segundo encontro das duas equipes no Brasileirão de 2015 parece que finalmente colocaria os ex-jogadores e ídolos Emerson Sheik e Paolo Guerrero frente a frente com a Fiel torcida que nesse jogo quebrou o recorde de público da arena com quase 44 mil torcedores presentes, mas apenas Guerrero estava escalado, já que Sheik estava suspenso .
A partida foi equilibrada, e teve um Guerrero pelo lado do Flamengo completamente apagado,  parecendo que sentia a pressão da torcida corinthiana que o vaiava toda vez que pegava na bola. Com gol de Vagner Love aos 47 minutos do 1º tempo o Timão venceu pela segunda vez no ano o Flamengo, e partia firme para a conquista do Brasileirão de 2015.

           (Romero e o Goleiro Muralha)        Gazeta Press

O primeiro confronto das duas equipes em 2016 aconteceu apenas em 3 de julho pelo 1º turno do Brasileirão. Jogando em sua casa, a Arena Corinthians, o Timão, com show do atacante Romero, não deu chances ao Rubro Negro carioca e aplicou uma sonora goleada de 4 x 0.  O paraguaio foi autor de 2 gols . Guilherme e Rildo, que voltava a jogar após meses longe dos gramados por seguidas contusões, completaram o elástico placar.  
A segunda partida entre os dois pelo Brasileirão de 2016 marcou  a volta do Maracanã como palco principal dos clássicos  já que o mesmo encontrava-se há meses exclusivo para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.
A partida tinha os dois times com objetivos bem distintos na competição. Enquanto o rubro negro carioca luta ainda pelo título do campeonato, o Corinthians, já sem chances,  tenta somar pontos para beliscar quem sabe uma vaga no G6 que garante vaga para a Libertadores de 2017. 
Se não fosse a atuação péssima de um dos auxiliares, que deixou de marcar um impedimento claro no gol do atacante Paolo Guerrero , o Timão teria saído com uma vitória do Maracanã. Resultado final 2 x 2.
O primeiro encontro entre as duas equipes em 2017 aconteceu na 17ª rodada do Brasileirão .O Timão, líder absoluto da competição defendia a invencibilidade no campeonato, do outro lado, o Flamengo tentava melhorar sua posição na tabela. O jogo teve um lance capital logo no começo da partida que acabou influenciando diretamente no placar final da partida, quando o assistente acabou inventando um impedimento do ataque corinthiano que resultou na anulação de um gol legal do atacante Jô. A partida terminou em 1 x 1 com o Timão mantendo sua invencibilidade .
O segundo encontro de 2017 ocorreu em 19 de novembro peal 36ª rodada, Campeão antecipado, o Timão entrou em campo sem metade do time titular e jogando sem o mesmo entusiasmo já que o título estava garantido e acabou sucumbindo diante do time rubro-negro por 3 x 0 que ainda sonha com uma vaga para a Libertadores.
Em 2018, além dos 2 jogos válidos pelo Brasileirão, Corinthians e Flamengo se encontraram nas semifinais da Copa do Brasil.
Mesmo com um elenco inferior ao do rival Carioca graças aos constantes desmanches sofrido pela equipe após cada abertura das janelas de transferência, o Corinthians conseguiu avançar à final com um empate em 0 x 0 no jogo de ida no Estádio do Maracanã e uma vitória por 2 x 1 em sua Arena no jogo de volta, gols de Danilo Avelar e Pedrinho .

abaixo segue lista de todos os jogos realizados até o momento:


DATA PLACAR TORNEIO

01/12/1918 Flamengo 1 x 2 Corinthians Amistoso
02/05/1920 Corinthians 2 x 1 Flamengo Amistoso
14/07/1925 Corinthians 3 x 0 Flamengo Amistoso
12/10/1925 Flamengo 1 x 0 Corinthians Amistoso
30/10/1938 Corinthians 1 x 3 Flamengo Amistoso
28/08/1940 Flamengo 3 x 1 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
04/09/1941 Corinthians 0 x 1 Flamengo Amistoso
20/12/1941 Corinthians 5 x 4 Flamengo Amistoso
21/03/1942 Corinthians 1 x 1 Flamengo Torneio Quinela de Ouro
22/10/1942 Corinthians 2 x 4 Flamengo Amistoso
13/02/1944 Corinthians 3 x 2 Flamengo Amistoso
28/02/1944 Corinthians 4 x 2 Flamengo Amistoso
21/06/1945 Corinthians 4 x 4 Flamengo Amistoso
22/12/1949 Flamengo 6 x 2 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
30/01/1951 Flamengo 0 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
29/03/1951 Corinthians 3 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
16/03/1952 Corinthians 3 x 1 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
03/05/1953 Corinthians 6 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
26/06/1954 Flamengo 1 x 2 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
15/05/1955 Flamengo 2 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
26/06/1955 Corinthians 3 x 0 Flamengo Torneio Charles Miller
10/05/1956 Corinthians 5 x 1 Flamengo Amistoso
12/05/1957 Corinthians 0 x 4 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
29/06/1957 Corinthians 1 x 3 Flamengo Torneio Internacional do Morumbi
02/04/1958 Corinthians 3 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
19/04/1959 Corinthians 1 x 5 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
16/03/1960 Flamengo 3 x 1 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
04/01/1961 Corinthians 1 x 2 Flamengo Torneio Octagonal de Verão
25/02/1961 Corinthians 7 x 2 Flamengo Amistoso
08/04/1961 Corinthians 3 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
23/04/1961 Flamengo 2 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
31/03/1963 Corinthians 2 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
15/03/1964 Corinthians 1 x 2 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
20/03/1965 Flamengo 4 x 2 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
15/05/1965 Corinthians 5 x 1 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
31/01/1966 Corinthians 0 x 0 Flamengo Torneio Quadrangular João Havelange
24/03/1966 Corinthians 3 x 1 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
17/04/1966 Corinthians 0 x 2 Flamengo Amistoso
28/04/1966 Flamengo 2 x 3 Corinthians Amistoso
08/05/1966 Corinthians 3 x 2 Flamengo Amistoso
06/05/1967 Flamengo 2 x 3 Corinthians Roberto Gomes Pedrosa
27/10/1968 Corinthians 0 x 1 Flamengo Roberto Gomes Pedrosa
23/11/1969 Corinthians 0 x 0 Flamengo Roberto Gomes Pedrosa
05/12/1970 Corinthians 1 x 0 Flamengo Roberto Gomes Pedrosa
30/01/1971 Corinthians 0 x 0 Flamengo Torneio do Povo
11/02/1971 Corinthians 0 x 0 Flamengo Torneio do Povo
07/03/1971 Corinthians 1 x 3 Flamengo Amistoso
24/10/1971 Flamengo 1 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
17/02/1972 Corinthians 1 x 2 Flamengo Torneio do Povo
14/10/1972 Flamengo 0 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
24/01/1973 Corinthians 0 x 0 Flamengo Torneio do Povo
28/06/1973 Corinthians 3 x 0 Flamengo Amistoso
17/02/1974 Flamengo 5 x 1 Corinthians Amistoso
23/10/1975 Corinthians 0 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
01/12/1976 Corinthians 1 x 1 Flamengo Amistoso
19/02/1978 Flamengo 0 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
21/05/1978 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
16/03/1979 Flamengo 2 x 0 Corinthians Troféu João Batista Figueiredo
27/02/1982 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
25/03/1982 Flamengo 2 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
17/04/1983 Flamengo 5 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
01/05/1983 Corinthians 4 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
29/04/1984 Flamengo 2 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
06/05/1984 Corinthians 4 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
03/02/1985 Flamengo 2 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
03/04/1985 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
21/09/1986 Flamengo 2 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
15/11/1987 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
11/09/1988 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
02/08/1989 Flamengo 2 x 0 Corinthians Copa do Brasil
12/08/1989 Corinthians 4 x 2 Flamengo Copa do Brasil
17/09/1989 Flamengo 0 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
04/10/1990 Flamengo 1 x 2 Corinthians Campeonato Brasileiro
27/01/1991 Corinthians 1 x 0 Flamengo Supercopa do Brasil
20/02/1991 Corinthians 1 x 1 Flamengo Copa Libertadores
20/03/1991 Corinthians 0 x 2 Flamengo Copa Libertadores
05/05/1991 Flamengo 2 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
12/04/1992 Corinthians 1 x 3 Flamengo Campeonato Brasileiro
03/10/1993 Corinthians 1 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
14/11/1993 Flamengo 1 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
28/11/1993 Flamengo 1 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
01/12/1993 Corinthians 2 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
28/08/1994 Flamengo 5 x 2 Corinthians Campeonato Brasileiro
03/09/1994 Corinthians 1 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
27/11/1994 Flamengo 2 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
09/09/1995 Corinthians 2 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
03/07/1996 Corinthians 2 x 2 Flamengo Amistoso
08/09/1996 Flamengo 1 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
21/01/1997 Flamengo 3 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
25/01/1997 Corinthians 2 x 0 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
05/11/1997 Corinthians 1 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
10/10/1998 Flamengo 4 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
31/01/1999 Flamengo 2 x 0 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
07/02/1999 Corinthians 0 x 3 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
01/09/1999 Corinthians 1 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
16/11/2000 Corinthians 1 x 4 Flamengo Campeonato Brasileiro
24/01/2001 Corinthians 4 x 3 Flamengo Torneio Rio-São Paulo
14/10/2001 Corinthians 1 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
03/03/2002 Flamengo 4 x 3 Corinthians Torneio Rio-São Paulo
30/10/2002 Flamengo 0 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
27/04/2003 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
31/08/2003 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
20/06/2004 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
29/09/2004 Flamengo 0 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
12/06/2005 Corinthians 4 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
25/09/2005 Flamengo 1 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
04/06/2006 Corinthians 0 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
15/10/2006 Flamengo 3 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
29/07/2007 Corinthians 2 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
31/10/2007 Flamengo 2 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
09/08/2009 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
28/11/2009 Corinthians 0 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
28/04/2010 Flamengo 1 x 0 Corinthians Libertadores
05/05/2010 Corinthians 2 x 1 Flamengo Libertadores
08/08/2010 Corinthians 1 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
27/10/2010 Flamengo 1 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
05/06/2011 Flamengo 1 x 1 Corinthians Campeonato Brasileiro
08/09/2011 Corinthians 2 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
15/01/2012 Flamengo 2 x 2 Corinthians Amistoso
18/07/2012 Flamengo 0 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
10/10/2012 Corinthians 3 x 2 Flamengo Campeonato Brasileiro
01/09/2013 Corinthians 4 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
24/11/2013 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
27/04/2014 Corinthians 2 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
14/09/2014 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
12/07/2015 Flamengo 0 x 3 Corinthians Campeonato Brasileiro
25/10/2015 Corinthians 1 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
03/07/2016 Corinthians 4 x 0 Flamengo Campeonato Brasileiro
23/10/2016 Flamengo 2 x 2 Corinthians Campeonato Brasileiro
30/07/2017 Corinthians 1 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
19/11/2017 Flamengo 3 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
03/06/2018 Flamengo 1 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
12/09/2018 Flamengo 0 x 0 Corinthians Copa do Brasil
26/09/2018 Corinthians 2 x 1 Flamengo Copa do Brasil
05/10/2018 Corinthians 0 x 3 Flamengo Campeonato Brasileiro
15/05/2019 Corinthians 0 x 1 Flamengo Copa do Brasil

CRAQUES DO PASSADO - ALTINO MARCONDES "TATU"

Grande revelação do Campeonato Paulista de 1922 quando foi artilheiro da equipe com 17 gols em 17 partidas, Altino Marcondes estreou 2 anos antes com a camisa do Timão, mais precisamente no dia 14 de novembro de 1920 na vitória de 3 x 1  contra o Paulistano em jogo  válido pelo Campeonato Paulista daquele ano.
Vindo do Taubaté, onde iniciou sua carreira em 1916, Tatu, que ganhou esse apelido devido à sua semelhança com o pequeno animal, foi logo se destacando dentro da equipe. Ponta-esquerda de origem, passou a atuar como meia-esquerda com a chegada do ponteiro Rodrigues. Foi ao seu lado que conquistou o Tricampeonato Paulista de 1922/23/24, formando uma grande ala esquerda.
Convocado para a Seleção Brasileira  que conquistou a Copa América em 1922, disputou 5 jogos, e marcou 1 gol.
Autor do gol único na vitória sobre o Paulistano que garantiu o Tricampeonato de 1924, Tatu despediu-se do Clube em 1925, após 95 jogos e 63 gols.
Antes de encerrar sua carreira, defendeu as cores do Vasco da Gama e da Lázio (ITA).
Faleceu em maio de 1932 aos 33 anos, vitima da tuberculose.




sexta-feira, 29 de outubro de 2010

CORINTHIANS - O LEGÍTIMO 1º CAMPEÃO MUNDIAL INTERCLUBES FIFA

Diferentemente dos que apregoam serem seus times "Campeões Mundiais" antes de 2000, o 1º e legítimo Clube Campeão Mundial , gostem ou não, é o Sport Club Corinthians Paulista.
Até 1999, apenas o Campeão da Europa, e o Campeão da Libertadores tinham o direito de disputar em partida única, num País sem nenhuma tradição no Futebol, com direito a um automóvel e Taça com o logotipo do patrocinador, um Título que resumia o Mundo a apenas 2 continentes.
Coube então à FIFA, organizar um certame, onde todos os clubes do mundo pudessem almejar o sonho de conquistar o Troféu de Campeão do Mundo, além de levar um cheque de U$ 6 milhões dólares para casa.
Tinham vagas garantidas os vencedores da Libertadores, da Liga dos Campeões da Ásia, da Liga dos Campeões da Concacaf, da Liga dos Campeões da Oceania, da Liga dos  Campeões da África e da LIga dos Campeões da Europa .
Na 1ª edição em 2000, juntaram-se a esses 6 pré-classificados, o Manchester United, Campeão do Torneio Intercontinental, e o Corinthians, atual Campeão Brasileiro, e escolhido pela CBF como o oitavo representante, já que o Brasil como País sede tinha esse direito .
Logo então, podemos questionar a validade de todos os "supostos Títulos Mundiais" que várias agremiações ostentam em seus históricos esportivos.
O correto seria denominar os campeões desse evento em "Campeão Intercontinental", já que apenas dois continentes estavam legalmente representados.
Apenas como  exemplo, podemos afirmar que, validar tal título seria o mesmo que organizar uma Copa do Mundo apenas com países europeus e sulamericanos.
Em 2007, os dirigentes da FIFA em comunicado oficial decidiram de forma definitiva que o Corinthians é o1º Campeão Mundial Interclubes.
Portanto podemos afirmar que até o momento, apenas 6 clubes podem realmente dizer que são verdadeiramente Campeões Mundiais Interclubes, e o Corinthians teve o privilégio de ter sido o 1º.



quinta-feira, 28 de outubro de 2010

OS CARTÕES POSTAIS DO CORINTHIANS

Continuando os lançamentos em homenagem ao centenário do Corinthians, os Correios, lançaram em 1 de setembro 2 Cartões Postais do Corinthians.
O 1º Cartão Postal, vem com a Logomarca do Centenário destacada, representação simbólica que combina o tradicional escudo do clube com o número 100.
O 2º Postal, denominado "Imagens dos Times Campeões" destaca as conquistas do Paulista de 1977, dos Brasileiros de 1990, 1998 e 2005, além do Mundial Interclubes de 2000. Como não poderia deixar de ser, a Fiel torcida está representada em 2 momentos nesse Postal.
Ambos os postais possuem o preço de face de R$1,00 real, e para serem postados é necessário selos.












quarta-feira, 27 de outubro de 2010

TODOS OS TÍTULOS DO CORINTHIANS - PARTE 5

1990
  • Campeão Brasileiro
  • Taça dos Invictos
1991
  • Supercampeonato Brasileiro
1994
  • Copa Bandeirantes
  • Taça da Solidariedade
1995
  • Copa do Brasil
  • Campeão Paulista
  • Taça São Paulo de Juniores
1996
  • Troféu Ramón de Carranza (ESP)
1997
  • Campeão Paulista
1998
  • Campeão Brasileiro
1999
  • Campeão Brasileiro
  • Campeão Paulista
  • Taça São Paulo de Juniores
  • Dallas Cup (Juniores)
2000
  • Mundial de Clubes da FIFA
  • Dallas Cup (Juniores)
2001
  • Campeão Paulista
2002
  • Copa do Brasil
  • Torneio Rio-São Paulo
2003
  • Campeão Paulista
  • Copa Nike (Juniores)
2004
  • Taça São Paulo de Juniores
2005
  • Campeão Brasileiro
  • Taça São Paulo de Juniores
2008
  • Campeão Brasileiro Série B
2009
  • Copa do Brasil
  • Campeão Paulista
  • Taça dos Invictos
  • Taça São Paulo de Juniores
2010
  • Mundial de Clubes Juniores
2011

  • Campeão Brasileiro de Futebol
2012


  • Campeão da Libertadores das Américas
  • Bicampeão Mundial de Clubes da FIFA
2013


  • Campeão Paulista
  • Campeão da Recopa Sul-Americana

2015


  • Campeão Brasileiro

2017


  • Campeão Paulista
  • Campeão Brasileiro


2018


  • Campeão Paulista







(Campeão Brasileiro - 1998)

(Campeão Brasileiro Série B - 2008)

(Campeão Mundial Interclubes FIFA - 2000)

(Copa do Brasil - 1995)

(Copa do Brasil - 2002)

(Libertadores - 2012)

(Mundial 2012)

Resultado de imagem para trofeu recopa 2013
(Recopa 2013)



Resultado de imagem para trofeu brasileirão 2017
(Brasileirão 2017)

Imagem relacionada
(Paulistão 2017)











TODOS OS TÍTULOS DO CORINTHIANS - PARTE 4

1962
  • Taça São Paulo
  • Troféu Lourenço Fló Junior
1965
  • Torneio Pentagonal de Recife
1966
  • Torneio Rio-São Paulo
  • Copa Cidade de Turim (ITA)
1967
  • Torneio Triangular de Goiânia
1968
  • Taça Piratininga
1969
  • Copa Cidade de Turim (ITA)
  • Troféu Apolo V (EUA)
  • Taça São Paulo de Juniores
  • Torneio Costa do Sol (ESP)
1970
  • Taça São Paulo de Juniores
1971
  • Taça do Povo
1973
  • Torneio Laudo Natel
1975
  • Copa São Paulo
1977
  • Campeão Paulista
  • Taça Governador do Estado de São Paulo
1979
  • Campeão Paulista
1981
  • Copa da Feira de Hidalgo (MEX)
1982
  • Campeão Paulista
1983
  • Campeão Paulista
  • Taça Cidade de Porto Alegre
1985
  • Copa das Nações (EUA)
1986
  • Torneio de Verão da Cidade de Santos
  • Copa dos Campeões
1987
  • Torneio de Verão da Cidade de Santos
1988
  • Campeão Paulista


(Taça São Paulo - 1962)

(Torneio Costa do Sol (ESP) - 1969)

(Campeonato Paulista - 1977)

TODOS OS TÍTULOS DO CORINTHIANS - PARTE 3

1943
  • Taça Cidade de São Paulo
1944
  • Torneio Início do Paulista
1947
  • Taça Cidade de São Paulo
1948
  • Taça Cidade de São Paulo
1950
  • Torneio Rio-São Paulo
1951
  • Campeão Paulista
1952
  • Campeão Paulista
  • Taça Cidade de São Paulo
  • Fita Azul do Futebol Brasileiro
1953
  • Torneio Rio-São Paulo
  • Taça Prefeitura Municipal de São Paulo
  • Pequena Taça do Mundo
  • Taça Tibiriça
1954
  • Troféu Bandeirantes
  • Campeão Internacional dos Invictos
  • Campeão dos Centenários
  • Campeão Paulista
  • Campeão do IV Centenário
  • Taça Charles Muller
  • Torneio Rio-São Paulo
1955
  • Torneio Início Paulista
  • Torneio Internacional Charles Muller
  • Taça Mais Querido do Brasil
1956
  • Copa do Atlântico
  • Taça dos Invictos
1957
  • Taça dos Invictos
1958
  • Torneio de Brasilia
  • Taça Charles Muller


(Taça dos Invictos - 1957)


(Taça O mais querido do Brasil - 1957)

(Taça São Paulo - 1952)

(Pequena Taça do Mundo - 1952)

(Campeão do IV Centenário - 1954)

TODOS OS TÍTULOS DO CORINTHIANS - PARTE 2

1926
  • Taça Lacta
  • Taça Centenário do Uruguai
  • Taça Guaraná Espumante
  • Taça Francisco Rei
  • Taça Apea
  • Taça De Callis
  • Taça Elixir de Cabo Verde Composto
  • Taça Adamastor
1927
  • Taça Fábrica de gelo Vila Mathias
  • Taça Sarmento Beires
  • Taça Ribeiro de Barros
  • Taça Tipografia Carvalho
1928
  • Campeão Paulista
  • Char de la Victorie e Taça Vada
  • Taça Ministro do Chile
  • Taça Ballor
1929
  • Campeão Paulista
  • Torneio Início Paulista
  • Taça Cittá de Firenze (ITA)
  • Campeão dos Campeões do Brasil
  • Taça Almirante Sousa e Silva
1930
  • Troféu Washington Luís
  • Campeão Paulista
  • Tricampeão Paulista
  • Taça Apea
1931
  • Taça Ministro do Chile
1936
  • Taça Aliança da Bahia
  • Taça Prefeitura de Salvador
  • Torneio Início Paulista
  • Taça o mais simpático de São Paulo ( Jornal Diario de São Paulo)
1937
  • Campeão Paulista
1938
  • Campeão Paulista
  • Torneio Início Paulista
  • Taça Fasanello
  • Taça Henrique Mundell
  • Taça Linha Circular
1939
  • Troféu Liga Paulista
  • Campeão Paulista
1941
  • Taça de Campeões Rio-São Paulo
  • Taça Duque de Caxias
  • Campeão Paulista
  • Torneio Início Paulista
1942
  • Taça Cidade de São Paulo
  • Torneio Quinela de Ouro (Taça Supremacia)
  • Taça Manoel Domindos Corrêa


(Taça Supremacia - 1942)

(Taça O mais simpático de São Paulo - 1936)

AS PELOTAS DOS CENTENÁRIOS DO CORINTHIANS

Além de todas as glórias já alcançadas em sua centenária trajetória, o Corinthians continua sendo o único time Paulista detentor de 2 Títul...