terça-feira, 23 de março de 2010

CORINTHIANS CAMPEÃO PAULISTA DE 1988

O Guarani tinha Ricardo Rocha, Evair, João Paulo, Boiadeiro, Paulo Isidoro e Neto que, no primeiro jogo das Finais (1 x 1), fez até gol de bicicleta. O Corinthians que precisava da vitória para conquistar o título, viu-se sem seu principal atacante, Edmar, que estava servindo a Seleção Olímpica do Brasil. O técnico Jair Pereira sem muitas opções optou em escalar um jovem atacante que tinha sido recentemente promovido das categorias de base; Viola. Durante o tempo normal, a equipe corinthiana segurou bravamente o empate. Na prorrogação, após um chute torto do coringa Wilson Mano, Viola conseguiu desviar a bola, que tinha outro destino , para o fundo das redes do gol bugrino. Imitando seu antecessor, Rui Rei, Viola arranca sua camisa, e joga-a para a Fiel. Detalhe, ele estava vestido com uma outra camisa por baixo, tal qual Rui Rei, em 1978. O timão se tornava, pela vigésima vez, o melhor de São Paulo.

(Biro-Biro, Denílson, Viola, Márcio, Ronaldo, Dida, Édson, João Paulo, Paulinho Carioca, Éverton e Marcelo.)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

AS PELOTAS DOS CENTENÁRIOS DO CORINTHIANS

Além de todas as glórias já alcançadas em sua centenária trajetória, o Corinthians continua sendo o único time Paulista detentor de 2 Títul...